Brasil Econômico negocia com SJSP e greve é suspensa temporariamente

A direção do Brasil Econômico reuniu-se na tarde desta 4ª. Feira, 27/3, com o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, na sede da entidade, no Centro de São Paulo, e abriu negociações relativas ao futuro da equipe de profissionais na redação da capital paulista. Com isso, a perspectiva de greve desaparece momentaneamente, até pelo menos 2ª.feira, 1° de abril, quando em nova assembleia os jornalistas decidirão o que fazer. A empresa concordou em não demitir mais ninguém até o dia 17 de abril e até a próxima 4ª.feira, 3 de abril, prometeu enviar informações concretas sobre a transferência para o Rio e que benefícios oferecerá aos jornalistas que demitir em São Paulo. Com isso a tensão diminuiu e a equipe fica na expectativa dos desdobramentos das negociações. O relato foi feito à equipe pelo diretor do Sindicato, Paulo Zocchi, que participou diretamente das conversas.