Aos Fatos apresenta nova ferramenta de monitoramento de notícias falsas

O Aos Fatos lançou em 10/8 um inédito sistema de monitoramento em tempo real para o combate à desinformação. O Radar Aos Fatos é um monitor que detecta conteúdos potencialmente enganosos que circulam nas redes sociais por temas. Nele, publicações são vasculhadas por um algoritmo que mapeia padrões de linguagem e os classifica de acordo com sua qualidade informativa. Assim, é possível não só observar a evolução de campanhas baseadas em informações falsas, mas também saber como foram amplificadas.

O projeto, pioneiro no Brasil, foi vencedor do Google Innovation Challenge em 2019 e recebeu apoio da Google News Initiative. Em sua versão beta 0.1, o Radar Aos Fatos mapeia e reúne em uma só plataforma redes de conteúdo de baixa qualidade sobre Covid-19 no Twitter e no YouTube, além de padrões de linguagem com potencial desinformativo em sites e no Google Trends. Com isso, analisa semanalmente a média de 90 mil publicações, sobre as quais aplica uma metodologia que une conhecimentos da Linguística e da Comunicação à Ciência de Dados.

O Radar produzirá também relatórios semanais sobre estratégias de desinformação usadas em temas quentes da agenda nacional. Nas próximas semanas, o projeto vai monitorar as eleições municipais e outros assuntos relevantes.

A ideia é contemplar três públicos específicos: empresas que lidam com cenários de risco e que precisam entender como a opinião pública é formada; universidades, think tanks e centros de pesquisa que precisam ter fácil acesso a dados para fazer análises e pesquisas sobre desinformação e plataformas digitais; e veículos de notícias que cobrem desinformação e buscam entender que temas alimentam redes de fake news e como elas interagem entre si.

O radar seleciona um tema, captura publicações e extrai dados sobre o assunto e, com os dados sistematizados e através de um algoritmo, dá uma nota de 1 a 10 para a publicação, conforme a qualidade e veracidade da informação: quanto maior, mais confiável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *