Américo Martins deverá assumir a presidência da EBC no lugar de Nelson Breve

Nelson, por sua vez, voltará à Secom da Presidência da República  Américo Martins, que desde fevereiro ocupa o cargo de diretor-geral da EBC, deverá assumir a presidência da empresa, no lugar de Nelson Breve. Este voltará a ser secretário de Imprensa na Secom/PR em substituição a Olímpio Cruz, que passará a responder pela diretoria de Conteúdo da EBC. O convite a Nelson, que comanda a EBC desde novembro de 2012, teria feito na semana passada, mas nem a Secom nem a EBC confirmaram a informação. Na Secom, Breve foi braço direito do ex-ministro Franklin Martins no segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Comenta-se em Brasília que, com as mudanças, o ministro-chefe da Secom Edinho Silva quer tornar a EBC “menos estatal e mais pública”, aproveitando a experiência dos 13 anos que Américo Martins passou na BBC. A EBC controla TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência Nacional e o sistema público de rádio, composto por oito emissoras.