Venda de Fox Sports trava e fusão com ESPN pode ser aprovada; situação é incerta

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pode aprovar a fusão de ESPN Brasil e Fox Sports, barrada anteriormente pela entidade, depois que a venda da Fox acabou não se concretizando. Segundo o Lance, alguns fatores atrapalharam as negociações, como valores abaixo do esperado, o interesse em apenas utilizar o equipamento e direito de transmissões, mas não adquirir na íntegra o canal, e baixas expectativas para o futuro. Diante da situação, o Cade pode rever a decisão e aprovar a fusão das duas emissoras.

A entidade considerou que juntar os dois canais representaria monopólio de audiência, e obrigou a Disney, dona de ambas, a vender a Fox Sports em até seis meses, mas isso não ocorreu.

A situação é de incerteza e só será definida depois da reunião do Cade em 5/2. Segundo o colunista Flávio Ricco (UOL), existem três possibilidades de desfecho: a fusão pode ser aprovada e a Disney operará os dois canais em um só, com obrigações e restrições; a fusão é barrada, o que levaria ao fim da Fox Sports e ao desligamento de muitos profissionais; ou a emissora poderá continuar funcionando até a realização de um novo leilão.

Vale lembrar que alguns funcionários já deixaram a emissora, como Paulo Vinícius Coelho, o PVC, que anunciou sua saída da Fox Sports após término de seu contrato, no final de janeiro, e pode assinar com o SporTV.

2 comments

Get RSS Feed
  1. André

    Ainda bem que está acabando, só tinha flamenguista nesse grupo. Só sabia falar bem dos mulambos e os outros times nem existiam. Vai tarde, principalmente aquela bancada lixo só tinha pereba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *