Trump elogia agressões a jornalistas durante protestos: “Uma bela visão”

Em comício realizado em 21/9, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump elogiou as agressões a profissionais de imprensa ocorridas entre maio e junho deste ano, durante protestos antirracistas promovidos por todo o País. Trump disse que os policiais “algumas vezes agarraram” os jornalistas e “os atiram para o lado como se fossem um pequeno pacote de pipocas”. Ele classificou tais cenas como “uma bela visão”.

O presidente referia-se aos jornalistas australianos Amelia Brace e Tim Meyers, da 7News, que foram vítimas de agressões policiais nas imediações da Casa Branca no dia 2 de junho. Na ocasião, a polícia fez uma operação para permitir que Trump saísse a pé da Casa Branca e fosse a uma igreja local.

Trump também ironizou agressão sofrida por Ali Velshi, do canal de televisão MSNBC, que foi atingido por uma bala de borracha disparada pela polícia de Minneapolis no fim de maio. O presidente disse: “Lembram-se daquela bela visão? A rua estava uma confusão. Aquele repórter idiota da CNN foi atingido por uma lata de gás lacrimogêneo. E foi ao chão. ‘Fui atingido. Fui atingido’. Ele foi atingido”. Trump confundiu a emissora na qual Velshi trabalha e o tipo de agressão que ele sofreu.

Em resposta à fala do presidente, a MSNBC declarou que “a liberdade de imprensa é um pilar da nossa democracia. Quando o presidente goza de um jornalista pelo ferimento que sofreu enquanto se punha em perigo para informar o público, põe em perigo milhares de outros jornalistas e compromete as nossas liberdades”.

Com informações do Portal Imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *