De papo pro ar – Cristo em teste

O paraibano de Umbuzeiro Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Mello, o Chatô, que implantou a televisão no Brasil em 1950 e foi chamado de gênio da raça etc., certa vez foi procurado por um jornalista que lhe pediu emprego como redator de um de seus jornais.

Como teste, Chatô exigiu um texto sobre Jesus Cristo. Ao que o candidato teria perguntado:

– Contra ou a favor?

Diz a lenda que ele ganhou o emprego na hora.

Chatô tem sido tema de sambas de enredo e até de um xaxado do rei baião Luiz Gonzaga, que lá pras tantas diz: Vou chamar dr. Assis/Meu patrão sabe o que diz….