Organizações internacionais de imprensa unem-se para defender jornalistas

Onze organizações internacionais de imprensa uniram-se para defender jornalistas sob ataque por perseguirem a verdade. A proposta da coalizão é usar seu alcance e proeminência para chamar a atenção do mundo para a situação de jornalistas que estão sob ataque por fazerem o seu trabalho. Juntas, as empresas integrantes do grupo têm alcance superior a 1 bilhão na audiência.

Participam do projeto One Free Press Coalition: The Financial Times, Reuters, Associated Press, Huffpost, Yahoo News, Forbes, Time, De Standaard, Euractiv, Le Temps e Süddesutsche Zeitung, mas a iniciativa está aberta a receber outras adesões. 

A proposta é que no início de cada mês cada um dos participantes do grupo publique uma lista contendo os dez casos “mais urgentes” de infração aos direitos de liberdade de imprensa ou que requeiram ações da Justiça envolvendo jornalistas no mundo. A iniciativa conta com o apoio do Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ) e da International Womens’s Media Foundation, que ajudarão a identificar os casos para as atualizações mensais da lista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *