Eduardo Correia

Eduardo Correia

Natural do município de São Francisco de Assis (RS) e graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no ano de 1994, Eduardo Correia ingressou no jornalismo em outubro de 1991 como repórter/redator do extinto jornal A Razão, de Santa Maria (RS). Em 1993 foi contratado como repórter da sucursal de Lages (SC) do Diário Catarinense, do Grupo RBS, onde cobria toda a região Serrana e do Meio-Oeste de Santa Catarina.

Em 1995 foi contratado como repórter de Economia pelo Jornal de Santa Catarina, de Blumenau, também do Grupo RBS, onde permaneceu até 2006. No período, além de repórter de Economia, foi editor de Geral, de Economia, de Esportes, de Política, de Opinião, colunista interino e editor-executivo.  Também foi o primeiro editor da versão digital do jornal, o primeiro veículo do Estado a lançar uma edição on-line do produto.

Foi no Jornal de Santa Catarina que conquistou Menção Honrosa no Prêmio Fiesc de Jornalismo Econômico do ano 2000 pelos cadernos especiais Blumenau 150 Anos, reconhecimento da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) à série de publicações alusivas ao sesquicentenário da cidade catarinense.

Em 2005 foi diplomado como Jornalista Amigo da Criança, título concedido pela Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi) e Fundo das Nações para a Infância (Unicef) a profissionais de comunicação que colaboram com a cobertura de qualidade de assuntos relacionados aos direitos de crianças e adolescentes. Por este título, recebeu da Câmara de Vereadores de Blumenau uma Moção de Reconhecimento como o primeiro Jornalista Amigo da Criança da Andi/Unicef na região do Vale do Itajaí.

Em 2006 transferiu-se para o Diário Catarinense, em Florianópolis (SC), principal jornal do Grupo RBS em Santa Catarina, onde atuou até 2009 com subeditor das áreas de Geral, Polícia e Mundo.

Em 2010 ingressou no setor público como assessor de comunicação do Governo do Estado de Santa Catarina. Atuou na Secretaria de Estado da Infraestrutura, na Fundação Catarinense de Esporte, na Secretaria de Estado da Saúde e de Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte. Na Fundação Catarinense de Esporte conquistou o Prêmio de Fotojornalismo do Instituto Gustavo Kuerten (IGK) 2012 – A Grande Jogada com a foto de um atleta feita durante os 3º Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc), disputados na cidade de Brusque.

No ano de 2018 despediu-se do setor público e abriu oficialmente a própria empresa de assessoria de comunicação. Na Conceito.com passou a utilizar a experiência de décadas em redações de jornais e na área pública para oferecer serviços de gestão de crise, inteligência digital, fortalecimento de marcas, produção de conteúdo e assessoria de imprensa a empresas privadas, entidades e eventos.