Fenaj fará levantamento mensal sobre ataques de Bolsonaro a jornalistas

Para marcar o Dia Internacional pelo Fim da Impunidade dos Crimes contra Jornalistas (2/11), a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) divulgou um levantamento sobre os ataques do presidente Jair Bolsonaro à imprensa. Segundo a pesquisa, ele ataca os jornalistas e o jornalismo como um todo pelo menos duas vezes por semana, em discursos, entrevistas, pronunciamentos e postagens em redes sociais. Para fazer o levantamento, foram considerados dados coletados no período de 1º/1 a 31/10 deste ano (99 ataques).

Em nota, a Fenaj divulgou que a pesquisa tem como objetivo “divulgar, denunciar e visibilizar os ataques e reafirmar a defesa dos jornalistas, do jornalismo e da democracia”.

Ainda na nota, a entidade explica que o levantamento tem como objetivo expor a atitude de Bolsonaro, que é a de colocar os jornalistas como “inimigos”: “Nesse mapeamento, que produzimos de forma a seguir uma metodologia de busca e de categorização para visibilizar esses ataques à nossa profissão por parte do presidente, entendemos que é uma postura deliberada de Jair Bolsonaro colocar profissionais jornalistas como inimigos e a imprensa, de uma maneira geral, como sem credibilidade para apurar, produzir e publicizar informações. Enquanto entidade de defesa dos trabalhadores jornalistas, vamos expor essa postura institucionalizada”.

A Fenaj divulgará um levantamento como esse mensalmente. Confira os dados completos da pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *