O Dia do Jornalista foi marcado por um triste recorde: o Brasil voltou a ocupar a liderança no ranking de profissionais de imprensa mortos por Covid-19, segundo a organização Press Emblem Campaign, que vem fazendo o acompanhamento de vítimas da doença desde o início da pandemia. O País registra 140 perdas desde março de 2020. No mundo, são quase 1 mil fatalidades em 73 países.

Blaise Lempen, secretário-geral da entidade, pediu que a imprensa seja incluída no grupo prioritário da vacinação, como ocorre em outros países da África e da Europa.

Confira mais dados do levantamento e os comentários de Lempen em MediaTalks by J&Cia.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments