Austrália obrigará Google e Facebook a pagarem por conteúdo jornalístico

Josh Frydenberg, ministro de Finanças da Austrália

Josh Frydenberg, ministro de Finanças da Austrália, anunciou que o Google e o Facebook serão obrigados a pagar pelo conteúdo jornalístico de veículos de notícias compartilhado em suas redes. Segundo ele, a decisão foi tomada após falha na negociação de um acordo com as duas empresas para um sistema voluntário de pagamento pelo compartilhamento de notícias.

“Não podemos negar a importância de criar condições de concorrência equitativas, garantindo uma oportunidade justa às empresas e a compensação adequada pelo conteúdo”, declarou o ministro. Sobre a decisão, ele disse que “não houve progresso significativo, então tomamos a decisão de criar um código obrigatório, para sermos o primeiro país do mundo em que se assegure que os gigantes das redes sociais paguem pelos conteúdos. Somos conscientes do desafio que estamos enfrentando”.

Segundo o The New York Times, representantes do Google e Facebook mostraram-se decepcionados com a medida. Eles declararam que as duas empresas estavam trabalhando para desenvolver um acordo de pagamento voluntário e apoiavam as agências de notícias, principalmente em meio à pandemia da Covid-19.

Frydenberg declarou que o novo código de conduta será divulgado em julho, e obrigará as empresas digitais a pagarem os veículos de comunicação australianos pelo uso de suas notícias e por outros conteúdos.

Com informações da ANJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *