RPC demite James Alberti e mais 15

A RPC, afiliada da Rede Globo no Paraná, demitiu o jornalista James Alberti, produtor das primeiras reportagens do Jornal Nacional sobre a Operação Lava Jato. A informação é de Daniel de Castro. De acordo com o colunista, a demissão aconteceu nove meses após o retorno do repórter “de uma viagem forçada ao exterior, para se proteger de ameaças de morte recebidas quando conduzia investigações sobre um escândalo envolvendo um primo do governador do Estado, Beto Richa (PSDB)”. Alberti teria sido demitido por uma redução de custos que implicou a dispensa de outros 15 profissionais. Procurada pelo Portal dos Jornalistas, a emissora confirmou as demissões, mas disse ter “como política não se manifestar em relação a alterações em seu quadro de funcionários.” Vencedor de Prêmio Esso, Alberti foi notícia quando, em abril de 2015, sofreu ameaça de morte em reação a reportagens sobre corrupção na Receita Estadual em Londrina. Na época, a Abraji manifestou-se dizendo ser “inadmissível, em um país democrático, que um jornalista seja obrigado a sair de seu local de residência e atuação profissional para não ser morto”.  

Workshop Mega Brasil