Prêmio Vladimir Herzog homenageará Laerte, Luiz Gama e Sueli Carneiro

A comissão organizadora do 42º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos decidiu homenagear na edição deste ano a cartunista Laerte, o jornalista Luiz Gama e a filósofa Sueli Carneiro. A homenagem é destinada a personalidades que tenham prestado serviços relevantes para a defesa da democracia e do jornalismo. Em 2019, foram homenageados Glenn Greenwald, Patrícia Campos Mello e Hermínio Saccheta.

Laerte é uma das principais cartunistas do País. Criadora de personagens emblemáticos como Piratas do Tietê, Hugo Baracchini, Deus e Overman, ela revolucionou a criação de quadrinhos no Brasil. Colaborou com Veja, piauí, IstoÉ, O Estado de S. Paulo, Balão e O Pasquim. Desde 2014, publica charges na Folha de S.Paulo. Em 2020, completa 50 anos de carreira.

Luiz Gama (1830-1882) foi jornalista, poeta, advogado e ativista, ícone da luta contra o racismo e o regime escravocrata. Foi um dos precursores do que é hoje o jornalismo investigativo, tendo sido responsável por denunciar a jornais diversas violações de leis e direitos cometidas por juízes e advogados contra negros e escravos.

Sueli Carneiro é filósofa, educadora e escritora. Escreve sobre o papel da mulher negra e questões de gênero e raça. Foi colunista do Correio Braziliense por cerca de uma década e, nesse período, inspirou redações de todo o País a abordar temáticas raciais e feministas de forma humanizada, plural e libertária.

A cerimônia de premiação será virtual, em 25 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *