Open Democracy oferece bolsa de jornalismo para mulheres e pessoas LGBTQI

A plataforma de mídia global independente Open Democracy criou o projeto Tracking the Backlash, que oferece uma bolsa para financiar produções de jornalismo de dados criadas especificamente por mulheres e pessoas LGBTQI.  As inscrições vão até 16 de fevereiro.

A bolsa será para seis meses, com início em março, para aplicar jornalismo de dados e técnicas de reportagem investigativa em projetos especiais que visem a questionar e acabar com a oposição aos direitos das mulheres e à comunidade LGBTQI.

A remuneração será de 2.100 dólares por mês e o bolsista deverá dedicar 40 horas por semana a pesquisas, relatórios, entrada e análise de dados e outras tarefas, sendo orientado e supervisionado pela equipe da Open Democracy, com direito de participar de oficinas de treinamento especiais.

Para se inscrever é preciso incluir uma cópia do currículo e até três exemplos de trabalhos anteriores. Podem participar pessoas de qualquer parte do mundo. Inscrições no site do projeto (em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *