-0.6 C
Nova Iorque
quinta-feira, janeiro 27, 2022

Buy now

Jornalismo ampliará participação na grade da TV Cultura

Várias atrações jornalísticas começarão a frequentar a grade da TV Cultura após o Carnaval. Algumas reforçarão a programação de final de tarde e início da noite de domingo, em que a Cultura passará a oferecer uma alternativa aos programas de auditório e de variedades; e outras entram na programação matinal de 2ª a 6ª.feira, na linha de prestação de serviços. Uma das estreias programadas para 27/2 é Guia do Trânsito, que também abordará clima, ancorado por Cadu Cortez, que desse modo se despedirá da Cultura-AM. Cadu foi da equipe fundadora da Rádio Sulamérica Trânsito, em São Paulo, que faz parte da Band. Na TV Cultura, entrará ao vivo, diariamente, das 7h às 8 horas. Na sequência, também com estreia marcada para 27/2, das 8h às 8h30, entrará Pronto Atendimento, sob o comando de Madeleine Alves, focado em temas como previdência social, seguros, impostos, aposentadoria e serviços em geral, com a presença de convidados e participação dos telespectadores. O programa começou como um quadro do Jornal da Cultura, virou programa semanal, aos sábados, e agora será diário. Aos domingos, segundo informou a este J&Cia o vice-presidente Fernando Vieira de Mello Filho, a grade vespertina e noturna da TV Cultura irá perfilar um dia rico em jornalismo. A emissora já tem o Repórter Eco, às 17h30, e o bem sucedido Matéria de Capa, às 19h (estreou na grade em setembro e já é líder de audiência entre os produtos do Jornalismo). Agora terá provavelmente na sequência o Legião Estrangeira, ancorado por Mônica Teixeira, que irá conversar e debater com correspondentes de imprensa estrangeira (como Clarín, El País, Reuters, NYT etc.) os principais temas da semana; e, em seguida, às 20h, o Folha na TV (outra opção de nome do programa é Folha na Cultura), em parceria com a Folha de S.Paulo. As conversas entre o jornal e a emissora remontam ao início do segundo semestre e se deram simultaneamente a outras com Grupo Estado (Estadão) e Editora Abril (Veja), também convidados a levar para a tela da Cultura projetos editoriais de sua própria produção. A Folha aderiu ao projeto desde o início, valendo-se da estrutura técnica de sua TV Folha e sobretudo da própria produção jornalística, que a cada dia é mais multimídia, para alimentar as plataformas impressa, digitais (UOL e Folha.com), webtv e, agora, a tevê aberta. 

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,144SeguidoresSeguir
19,100InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese