7.4 C
Nova Iorque
sexta-feira, abril 19, 2024

Buy now

De papo pro ar ? Vasto mar

O ator Jackson Antunes, que também tem um monte de discos gravados, só foi conhecer o mar na fase adulta. De origem humilde, nunca sequer pensara deixar sua terrinha querida, Janaúba, no Norte de Minas Gerais, para se aventurar por aí. Um dia foi convidado para fazer um teste na Globo, como ator. Desconfiado, pegou um avião em Belo Horizonte e lá foi. Ao sobrevoar a Lagoa Rodrigo de Freiras, chamou a aeromoça e abobalhado perguntou: ? É o mar?  Sérgio Ricardo estará no Cultura Popular nº 6 A sexta edição de Jornalistas&Cia Memória da Cultura Popular, prevista para circular em 1º/10, enfocará o compositor e instrumentista Sérgio Ricardo, que ganhou renome ao quebrar um violão e atirá-lo ao público que o vaiava no III Festival de Música Popular Brasileira, transmitido pela TV Record, em 1967. Ela traz a entrevista que Sérgio deu a Assis Ângelo em 1991, publicada no nº 13 da revista Memória, do Departamento de Patrimônio Histórico da Eletropaulo. A quinta edição, que reproduz a entrevista que o etnógrafo, etnólogo, antropólogo, historiador, romancista, poeta e, principalmente, último grande pesquisador da cultura popular brasileira Luís da Câmara Cascudo (1898-1986) deu a Assis para o suplemento Folhetim nº 103, da Folha de S.Paulo, em 7/1/1979, pode ser conferida em www.jornalistasecia.com.br. A propósito, reproduzimos a seguir mensagens que Assis recebeu pela edição com Câmara Cascudo: ?A entrevista com Luiz da Câmara Cascudo foi um privilégio que dignifica sua trajetória multifacetada de jornalista, poeta e escritor amante do conhecimento. Ícone do folclore, dotado de inteligência nativa e singela, LCC soube versar sobre a alma do povo pesquisando a riqueza do homem anônimo e seu enciclopedismo rudimentar. Soube, como poucos, entrelaçar no folclore a psicologia social e antropológica para torná-lo uma forja permanente de dados constitutivos da nacionalidade no país continente. O pensamento cria, o desejo atrai e a fé no trabalho realiza.? ? Mário Jequibau Albanese ?Parabéns por esse trabalho. O saudoso professor Rossini Tavares de Lima, de quem tive o prazer de privar de sua amizade e até fazermos um trabalho juntos, ele me falava muito da amizade dele com Cascudo e das pesquisas que fizeram juntos. Isso tudo é um pouco de Brasil. Infelizmente desconhecido da geração atual.? ? Biaggio Baccarin

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,600InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese