Confiança em CEOs cai em 2019, indica pesquisa

O relatório anual sobre a confiança dos líderes empresariais globais, realizado por Planin e TheWordCom Public Relations Group, aponta uma queda no índice. Mais de 58 mil executivos foram entrevistados no mundo todo. Os resultados indicam que a confiança geral caiu mais de 20%, com destaque para Estados Unidos (51%) e China (21%).

Roger Hurni, presidente Global do Worldcom Public Relations Group, afirma que “altos níveis globais de incerteza, como conversas sobre guerras comerciais entre Estados Unidos e China, impactam as percepções de líderes empresariais. Por isso, a pesquisa mostra que acordos e tarifas globais de comércio estão prejudicando a confiança global de líderes empresariais em praticamente todos os países do mundo”.

“Usamos tecnologias inovadoras para produzir a pesquisa Worldcom Confidence Index 2019, que contou com inteligência artificial para monitorar o que pensam os líderes das maiores nações do mundo”, afirma Angélica Consiglio, CEO da Planin e responsável internacionalmente pela gestão de conhecimento do Worldcom Public Relations Group.         

Além da confiança global, o relatório analisou a importância de públicos específicos e os níveis de confiança que os executivos precisam ter para alcançar esses públicos. Em 2018, os CEOs estavam mais preocupados em alcançar clientes, gerando vendas. Em 2019, porém, os entrevistados estavam 160% mais preocupados com os influenciadores do que há um ano. “O crescimento desse público pode demonstrar que os líderes começam a perceber o valor do apoio de influenciadores para ajudá-los a navegar em tempos incertos”, diz Hurni.

Confira o estudo na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *