23 C
Nova Iorque
sexta-feira, setembro 24, 2021

Buy now

CartaCapital também corta

CartaCapital fez na última semana um corte em áreas como redação, arte, edições digitais e comercial. No total, o ajuste foi de dez vagas, entre dispensas e postos congelados, número que representa pouco mais de 10% do efetivo da empresa, até então de aproximadamente 90 funcionários. Na reunião que manteve com a equipe nesta 2ª.feira (4/5), Mino Carta lembrou que não era a primeira vez que se via na contingência de tomar decisão idêntica, mas que os cortes atuais não abalam a estrutura e credibilidade da empresa, sendo, ao contrário, uma necessidade para continuar cumprindo seu papel editorial. Segundo apurou este Portal dos Jornalistas, teria sido uma conversa tranquila e com demonstração de muita confiança e otimismo. Mino pediu a compreensão e a união de todos, para que a empresa se fortaleça e volte a crescer. Entre os que deixaram a revista estão William Viera, editor assistente de Q.I.; Samantha Maia (que saiu a pedido e teve sua vaga congelada), repórter de Economia; e Lívia Perozin, diretora de Redação das revistas de educação Carta na Escola e Carta Fundamental, editadas pela Editora Confiança. 

Related Articles

22,043FãsCurtir
2,957SeguidoresSeguir
18,500InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese