Neide Magalhães

Neide Magalhães Fonseca nasceu em Itaúna, Minas Gerais, em 6 de agosto de 1961. Estudou Comunicação Social com ênfase em Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG/ MG).

Iniciou sua carreira profissional como revisora de livros na editora Itatiaia. Ficou lá de 1981 a 1985. Em 1988, foi para o antigo jornal Diário da Tarde, onde ficou por 19 anos. Nesse período passou pelos cargos de repórter de Cultura e editora do caderno Dois, também na editoria de Cultura.

Em 2007, no mesmo ano que o jornal Diário da Tarde encerrou as suas atividades, foi contratada na revista Encontro. Durante nove meses foi repórter geral e depois assumiu o cargo de editora.

Desde 2009 é Editora-Chefe da  revista encontro, .

Com mais de 30 anos de carreira na área jornalística, Neide teve a oportunidade de vivenciar muitos momentos que marcaram sua vida pessoal e profissional.

Ainda como repórter do Diário da Tarde produziu a primeira matéria com a banda mineira Skank. Na época, a banda estava em início da carreira e não era conhecida. Dos primórdios da banda em 1991, Neide ainda guarda a publicação e é sempre lembrada com carinho pelos integrantes do Skank.

Outro momento que marcou sua carreira foi à cobertura do enterro do Zacarias, comediante Mauro Faccio Gonçalves, integrante do grupo Os Trapalhões, falecido em 1990. Nessa cobertura, ela enfrentou a comoção do país e as dificuldades de transmitir a notícia em uma época em que a tecnologia ainda não facilitava o envio e transmissões das informações.

 

Atualizado em 5 de outubro de 2012 ? Portal dos Jornalistas/DF

Fonte: Informações fornecidas pelo próprio jornalista

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *