Joseval Peixoto

Joseval Peixoto nasceu no Rio de Janeiro (RJ), em 26 de setembro de 1938, mas foi criado em Rancharia (SP), cidade fundada por seu avô, Chico Izidoro.
Começou a carreira de radialista aos 15 anos, na rádio Clube Marconi, de Paraguaçu Paulista (SP), cidade onde foi estudar, em um colégio interno. Entretanto, o interesse pela profissão de jornalista só ocorreu em Presidente Prudente (SP). Ingressou na rádio Presidente Prudente, onde leu crônicas, foi rádio-ator, mancheteiro de jornal-falado, apresentou programas de auditório, narrou missa, futebol e carnaval. Foi também apresentador em palanques políticos.
Em São Paulo, trabalhou nas rádios Tupi, Record e Bandeirantes. Assim, teve a oportunidade de realizar o sonho de estudar Direito na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo (USP), onde se formou em 1965. Orador da turma, não aderiu à profissão de imediato.
Ingressou na rádio Jovem Pan em meados dos anos 1960, para comentar notícias dos jornais no programa JP Opinião. Nunca mais deixou a rádio. Nela, foi protagonista de dois fatos marcantes: em 19 de novembro de 1969 narrou o milésimo gol de Pelé, no Maracanã (RJ). Já no ano seguinte, narrou para todo o País, os últimos 30 minutos do jogo final da Copa do México entre Brasil e Itália. Havia uma única linha telefônica do México para o Brasil e as rádios foram obrigadas a transmitir os jogos em conjunto.
A consagração obtida com a Copa do Mundo de 1970 proporcionou-lhe a tranquilidade necessária para advogar. Na volta do México, procurou um escritório de advocacia e foi contratado para atuar na área criminal. Chegou a exercer o cargo de promotor da Justiça Militar do Estado de São Paulo.
Dois anos depois de ter começado a advogar, montou sua própria banca e dedicou-se ao júri por cerca de dez anos. Nessa época conviveu com grandes advogados, como Waldir Troncoso Peres, Raimundo Paschoal Barbosa e Márcio Thomaz Bastos, entre outros. É especialista em Direito Criminal e Crimes de Sonegação Fiscal.
Em dezembro de 2008, recebeu o título de Cidadão Paulistano da Câmara Municipal de São Paulo.
Em maio de 2011 foi convidado por Sílvio Santos a assumir a bancada do telejornal SBT Brasil, ao lado de Rachel Sheherazade. Anteriormente, foi comentarista político no mesmo programa. Na rádio Jovem Pan, é âncora do Jornal da Manhã.
Última atualização: 09/2011
Fontes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *