Unesco recebe indicações para prêmio mundial de liberdade de imprensa

Estados-membros da Unesco podem indicar até 15/2 candidatos para a edição 2017 do Prêmio Mundial de Liberdade de Imprensa UNESCO-Guillermo Cano. A premiação foi criada em 1997 pelo organismo das Nações Unidas para homenagear Guillermo Cano – jornalista colombiano que morreu exercendo a profissão –, com o objetivo de reconhecer a cada ano uma pessoa, organização ou instituição que tenha realizado uma contribuição notável para a defesa ou promoção da liberdade de imprensa em qualquer lugar do mundo. Ao vencedor é oferecida a recompensa de 25 mil dólares, entregue em evento que celebra o Dia Mundial de Liberdade de Imprensa, dia 3 de maio. Veja mais