Simon Romero deixa a chefia do escritório do NYT no Brasil e volta aos EUA

Simon Romero está deixando o posto de chefe do escritório brasileiro do New York Times, no Rio de Janeiro, para voltar ao seu estado natal nos EUA, o Novo México. Lá, vai cobrir imigração para o NYT, em um momento em que o assunto se torna ainda mais relevante com as medidas do presidente Donald Trump. Como correspondente do jornal na América Latina por 12 anos, Romero tornou-se conhecido pelas reportagens que pintam um retrato do cenário político e social da região, enquanto fornecem perfis detalhados das pessoas que nela vivem. Antes de ser chefe do escritório brasileiro, onde esteve nos últimos seis anos, foi responsável pela sucursal andina do jornal, com base em Caracas, na Venezuela. Ele começou a trabalhar para o Times em 1999 como freelance, depois de colaborar com várias outras publicações dos Estados Unidos e da América Latina. Romero recebeu os prêmios Maria Moors Cabot, da Columbia University, em Nova York (2015), e Robert Spiers Benjamin, do Overseas Press Club of America (2014), por sua cobertura na América Latina. *Com informações do Knight Center