A revolução paulista de 1932 pelos olhos de Luiz Octavio de Lima

Capa do livro

Autor do best-seller A Guerra do Paraguai (2016) e finalista do Prêmio Jabuti com Pimenta Neves – Uma reportagem (2013), Luiz Octavio de Lima está lançando 1932: São Paulo em chamas, sobre a chamada Revolução Constitucionalista, que pôs em xeque o primeiro governo Vargas, atravessou fronteiras e ainda é objeto de apaixonadas discussões. Com personagens históricos como o inventor Santos Dumont, Juscelino Kubitschek, o jornalista Roberto Marinho e literatos como Monteiro Lobato, Carlos Drummond de Andrade, Guilherme de Almeida, Guimarães Rosa e Rubem Braga, o livro tem boa parte de sua força nas experiências dos combatentes anônimos, transmitidas a seus parentes ou registradas em diários que ficaram como legados para as novas gerações. Esses depoimentos de quem esteve nas trincheiras e viveu a guerra civil em primeira mão permeiam a narrativa.

Um abrangente relato, fartamente ilustrado com mapas, fotos e cartazes, permite ao leitor conhecer e analisar o episódio que sacudiu o Brasil, deixando um legado de valores e discussões. O livro será vendido nas livrarias por R$ 56,90.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *