O Povo lança especial sobre educação inclusiva

O jornal cearense O Povo lançou nessa segunda-feira (12/12) o primeiro de quatro cadernos especiais do projeto Educação Inclusiva. A ideia é promover e estimular o debate sobre a inserção dos alunos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades (superdotação).  O especial foi produzido a partir de entrevistas com gestores públicos, especialistas, pais, educadores, promotores e cidadãos engajados no aprofundamento da legislação, modelos e experiências educacionais, ações, projetos e entidades de inserção e melhoria das condições de ensino, além de auxílio aos pais, crianças, adolescentes e adultos. O caderno de estreia teve como tema Compreender, que discutiu as origens da educação inclusiva, contexto histórico, legislação e sua aplicação no Brasil. Nesta terça-feira (13) o tema é Conviver, que mostra como a família e a escola podem atuar na inclusão de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades. Na quarta-feira (14), o trabalho Crescer explicará como os professores e demais profissionais da educação podem se qualificar para transformar a escola cada vez mais em inclusiva. Fechando a série, na quinta-feira (15), Transformar trará as perspectivas e sobre como a sociedade pode auxiliar na inclusão dos estudantes com esse perfil. Para reforçar o projeto, o jornal promoveu no próprio dia 12 um debate na sede da Secretaria da Educação do Ceará, com a presença da equipe responsável pelo projeto, do vice-presidente do O Povo João Dummar Neto, do secretário da Educação Idilvan Alencar, e profissionais envolvidos com o especial. Ao final das quatro publicações, um encarte especial será produzido e distribuído aos coordenadores e professores da rede pública estadual de ensino.