APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6065

Home >> Perfil

João Bosco Rabello

João Bosco Rabello

Repórter político desde 1977, depois de quase 40 anos no Estadão, despediu-se do jornal e da coluna dominical Direto de Brasília há seis anos sob seu comando.

João Bosco Rabello iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, indo trabalhar como repórter político na Empresa Brasileira de Notícias (hoje Agência Brasil) e no Correio Braziliense. No jornal, foi também editor de Cidade, de Nacional e de Primeira Página.
 
Em 1984, foi para a sucursal de O Globo (RJ), onde atuou como repórter e coordenador de Política até 1988. Esteve, em 1989, na sucursal do Jornal do Brasil, como repórter especial. No período, participou de coberturas históricas, como, entre outras, a eleição e morte de Tancredo Neves (1910-1985) e a constituição e atividades da Assembleia Nacional Constituinte.
 
Dirigiu a sucursal do grupo Estado em Brasília a partir de 1990. Para o jornal O Estado de São Paulo escreveu uma coluna e foi comentarista na rádio Estadão AM/FM (SP), no quadro Política, onde comentava o dia a dia e os bastidores da política nacional. Editou, também, o blog João Bosco Rabello – Política Direto de Brasília, no portal Estadão.com.br, desde novembro de 2008.
 
João Bosco Rabello, deixou as funções de diretor da sucursal de Brasília do Estadão em junho de 2013, depois de 23 anos no jornal em Brasília.  Seguiu, no entanto, mantendo sua coluna dominical no impresso e o seu blog sobre Política, e atuando também como parceiro em todas as plataformas do Grupo Estado, especialmente no projeto Broadcast Político, que foi lançado em 18 de junho de 2013.
 
Na trajetória do jornalismo em Brasília participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembleia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.
 
Depois de quase 40 anos no Estadão, João Bosco Rabello despediu-se do jornal e da coluna dominical Direto de Brasília no final de março de 2015. Titular da coluna há seis anos, escrevia como colaborador, desde que se desvinculou da redação, em junho de 2013.
 
 
Atualizado em Abril/2015 - Portal dos Jornalistas
Fontes:
Jornalistas&Cia - Edição 993
 

Museu Goeldi
OPN Eventos
MT Viagens
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)