Marcelo Monteiro lança box sobre participação do Brasil nas Grandes Guerras

Na esteira da passagem do centenário do ingresso do Brasil na Primeira Guerra (1917) e dos 75 anos da entrada do País na Segunda Guerra (1942), o gaúcho Marcelo Monteiro lança a caixa especial Submarinos com seus livros U-93 e U-507, obras que tratam da participação brasileira nos dois conflitos.

O primeiro aborda o ataque do submarino alemão U-93 ao navio brasileiro Macau, em outubro de 1917, no episódio que resultaria no ingresso do País na então chamada Grande Guerra. Curiosamente, um quarto de século após o fim dessa guerra, novamente o Brasil decidiria enviar tropas à Europa, depois de um massacre levado a cabo pelo submersível nazista U-507, que, de 15 a 17 de agosto de 1942, torpedeou cinco navios brasileiros na costa nordestina, entre Sergipe e Bahia, deixando mais de 600 mortos – tema do segundo livro.

As duas histórias são narradas em detalhes nos livros que compõem essa minicoleção, editada pelo Besouro Box. Nas duas obras, ficam evidentes as semelhanças nas sequências de acontecimentos que levaram os presidentes brasileiros (pela ordem, Wenceslau Braz e Getúlio Vargas) a declararem guerra à Alemanha, tomando, assim, parte nos maiores conflitos bélicos da história.

Com tiragem limitada, a caixa especial Submarinos está à venda no site da Edições Besouro Box ao preço de R$ 89. O frete é grátis para todo o Brasil.

Formado pela Universidade Federal de Santa Maria, Marcelo começou em 1993 como editor de Esportes do jornal A Razão. Teve passagens e colaborações em veículos como Zero Hora, Gazeta Mercantil, Placar, Diário Catarinense, Fut!, Hoje em Dia, Brasil Sustentável, Diário de S.Paulo e Correio Braziliense. Atualmente, é editor de Zero Hora, em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *