Vera Schmitz

Vera Lúcia Freitas Schmitz nasceuem Juiz de Fora, interior de Minas Gerais, em 13 de fevereirode 1963. Estudou Comunicação Social na Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Em 1986, já formada, mudou-se para Governador Valadares (MG),onde iniciou a carreira como Chefe de Reportagem daentão afiliada da TV Manchete que, posteriormente, passou a ser afiliadada Rede Globo.

Um ano depois, deixou a TV para criar aEco Comunicação, com cinco colegas de faculdade que se mudaram para GovernadorValadares. Foi uma fase de pura efervescênciacriativa, quando produziram e assumiram a publicação de uma série deveículos, como um jornal que circulava em bares, outro focadona comunidade valadarense em Boston (EUA); umperiódico sobre moda; house organs; um programa de rádio paracaminhoneiros e outro aos domingos, só de Roberto Carlos, alémde alguns especiais. Foi um período de grande aprendizado, mas acidade de Governador Valadares ficou pequena para tantas idéias e, após vendera empresa, Vera mudou para Belo Horizonte. 

Na capital, passou rapidamente pelo jornal Hoje em Dia, como repórter docaderno Minas; repórter do  Jornal de Casa e apuradora da  RedeGlobo. Nesta última, a contratação definitiva não foi possível devido àsmudanças vindas com o Plano Collor.

Antes de chegar ao jornal Estado deMinas, onde ainda trabalha, foi responsável pela chefia da assessoria deComunicação do Tribunal Regional do Trabalho da 34ª Região (TRT-MG). 

Após sucessivas substituições deférias no Jornal Estado de Minas, foi contratada, em outubro de 1991, paratrabalhar nos extintos cadernos do interior. Com o fim dos cadernos, foipromovida a redatora da primeira página e, em seguida, à subeditora, ondepermaneceu por quatro anos. Nesse período participou de várias reportagensimportantes.

Paralelamente, atuou como repórter da Revista de Economia, responsávelpela capa de dezenas de edições, sendo que, entre as edições que tiverammaior repercussão se destacam as reportagens que abordaram a importânciado investimento na educação (familiar e escolar) e o Custo Brasil.

Tornou-se subeditora de Economiaem 2001 e, quatro anos mais tarde, editora-assistente, assumindointerinamente a editoria por várias ocasiões. Também editou efoi responsável pelo caderno Agropecuário por oito anos, época em que fezpalestras e foi agraciada com o diploma de destaque na imprensa pela Emater-MG.

Em julho de 2010, foi para a editoria de Política, onde, atualmente, é Editora- Assistente. 

Atualizado em Janeiro/ 2012 ? Portal dos Jornalistas/MG

Fonte: Informações fornecidas pela própria jornalista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *