Tony Vendramini

Tony Vendramini nasceu no Rio de Janeiro no dia sete de março. Formou-se em Jornalismo pela Faculdade Integrada Hélio Alonso (FACHA), no Rio de Janeiro, em 2000 e cursou pós-graduação em Telejornalismo na Universidade Estácio de Sá, também no Rio de Janeiro, concluida em 2006. É filho do radialista, repórter e comentarista esportivo Antonio Luiz.
Começou a carreira em janeiro de 1996, antes mesmo de entrar na faculdade, quando recebeu uma oportunidade de estagiar no departamento de esportes da Rádio Globo, chefiado pelo garotinho, José Carlos Araújo. Mesmo sendo estagiário, atuava na reportagem, no plantão esportivo, na coordenação e edição até maio de 1999, quando deixou a emissora.
 
Em junho de 1999 foi contratado pela Rádio Tupi, para fazer plantão esportivo e reportagem. Foi setorista do Fluminense e do Botafogo nesta passagem pela emissora. Também apresentou o Giro Esportivo em algumas ocasiões.
 
Deixou a Tupi em janeiro de 2002, quando teve sua primeira experiência em televisão, contratado pela Band do Rio de JaneiroNa Band também fazia reportagem para os programas esportivos e teve a oportunidade de cobrir os Jogos Sul-Americanos do Rio.
 
Em setembro de 2003 trabalhou em uma produtora chamada AV Produções, que era a responsável por um programa chamado Brasil Melhor, patrocinado pelo Banco do Brasil e veiculado também na Band em rede nacional. Fez reportagens sobre ação social em diversos lugares do Brasil, como um projeto educacional em Porto Alegre, alfabetização de adultos em Itapecerica da Serra/SP, e novas técnicas de fabricação de borracha desenvolvida pela UnB para os seringueiros que trabalham na região do rio Tapajós, no Pará.
 
Também em 2003, voltou a frequentar os estúdios da Rádio Tupi. Foi convidado para integrar a mesa do Bola em Jogo, programa de esportes que vai ao ar todos os domingos de meio-dia às três horas da tarde. Até hoje é parte integrante da mesa. Neste período, pode dividir o espaço com grandes comentaristas do rádio carioca como o apresentador Luiz Ribeiro, Jorge Nunes e do saudoso Doalcey Camargo, um dos maiores locutores de todos os tempos, falecido em 2009.
 
Em 2004 teve rápidas passagens, cobrindo férias por duas emissoras de tv do Rio de Janeiro. Fez reportagens de madrugada pela Record, por dois meses, e três meses fazendo reportagem na CNT.
 
Em novembro do mesmo ano recebeu um convite para ir para a RedeTV!. Como repórter, desenvolve matérias para todos os jornais da emissora. Em 2008 foi enviado à China para cobrir a Paraolimpíada de Pequim. Também cobriu grandes acontecimentos como a falência da Varig, o deslizamento no Morro do Bumba, em Niterói e o desabamento dos prédios no centro do Rio.
 
Em outubro de 2011 assumiu também a apresentação do jornal local da emissora, o RJ Notícias.

Por conta de seu trabalho na imprensa esportiva, Tony Vendramini recebeu o prêmio Bola de Ouro sucessivamente de 1997 a 2002, e de 2004 a 2008.

 

 

Atualizado em janeiro/2013 – Portal dos Jornalistas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *