Thiago Ermano

Thiago Ermano Jorge nasceu em São Paulo (SP). É bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, formado em 2009.
 
Iniciou a trajetória em 1998, na Rede Globo São Paulo. Ele mesmo conta a experiência: “Comecei minha carreira antes mesmo de decidir por Comunicação Social – Jornalismo. Iniciei "por baixo”, como Contínuo [Office boy] da redação, onde aprendi a coordenar telejornais e, depois, fui para a produção e edição na Band. Em junho de 2002, comecei a trabalhar para o Grupo Folha de S.Paulo como repórter do jornal Agora SP, permanecendo por lá por quase três anos. Passei pela RedeTV!, Rede Record, Record News, Folha de São Paulo e Editora Abril”.
 
Da Folha, seguiu para TV Cultura – Amazônia, onde trabalhou em várias funções. Na emissora foi editor, repórter, produtor e pauteiro, no período de um ano. A base da TV fica em Rio Branco, no Acre. Rodou a Amazônia para a produção uma séria de documentários e reportagens.
 
Foi assessor de comunicação e Imprensa na Fundação Getúlio Vargas, (FGV-SP), em 2007. Na instituição de ensino desenvolveu ações corporativas para divulgação de materiais informativos das escolas de Direito, Economia e Administração. Além do atendimento à imprensa nacional e internacional, com acompanhamento de entrevistas, e foi responsável pela produção de textos para publicações multimídia e informativos da GV.
Por mais de três anos atuou como pauteiro e produtor na Rede Record. Na emissora, trabalhou na produção e edição de programas jornalísticos em assuntos diversos: economia, saúde, educação, finanças, negócios, meio ambiente, tecnologia, gastronomia, arquitetura/urbanismo, destinados aos canais Record News e Record, em São Paulo.
 
Em 2011, criou a tPress Comunicação Integrada, como consultor de relações públicas, em eventos sociais e corporativos. Ficou lá por mais de dois anos, sendo responsável também por treinamento de executivos para comunicação com imprensa (media training), análise de social media – alimentação de redes sociais, comportamento & concorrência.
 
Ainda, em 2013, assumiu como diretor de comunicação e Imprensa da Anunciattho Comunicação, agência paulista focada em planejamento de imprensa, canal de relacionamento com jornalistas e veículos midiáticos. O trabalho de reputação e imagem de empresários, empreendedores, consultores e especialistas fizeram parte da jornada diária e da atuação em momentos de crise.
 
No final desse período manteve duas atividades paralelas: foi coordenador e depois diretor do Comitê de Jovens Empreendedores da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (CJE-Fiesp). Coordenou grupos de trabalho, com o objetivo de dar suporte em Comunicação para mais de 4000 empreendedores, e foi co-organizador de um dos principais eventos de empreendedorismo do Brasil, o Acelera Startup. Reuniões de grupos de trabalhos, que tocam projetos específicos; imersões temáticas, rodadas de negócios, seminários, missões empresariais, congresso anual entre outros trabalhos fizeram parte de sua agenda.
 
Também é dessa temporada o trabalho voluntário para o FOBSampa, Grupo de Formação do Observatório Social de São Paulo, associação que se tornou o Observatório Social do Brasil – São Paulo. Trata-se de uma organização social, suprapartidárias, instituídas e mantidas pela sociedade civil, e que tem por objetivo promover a conscientização da sociedade para a cidadania fiscal e propor aos governos locais a adequada e transparente gestão dos recursos públicos, por meio de ações de participação e controle social. Ficou lá por 11 meses, entre maio de 2015 e março de 2016 como participante voluntário e passou em março de 2016 a diretor vice-Presidente da entidade que já evitou o desperdício de mais de R$ 1,5 bilhão aos cofres públicos de 50 cidades brasileiras, nos últimos três anos.
 
Um pouco antes, em janeiro de 2016, assumiu como diretor de Marketing, Comunicação e Mobilização da agência Fiquem Sabendo. A agência mantém um site de dados independentes, e se propõe a revelar informações de interesse social que o poder público não divulga. O post de apresentação da página explica: “Nossa missão é veicular, por meio de uma linguagem clara, transparente e de fácil compreensão, séries estatísticas que permitam ao leitor compreender como os serviços públicos estão sendo prestados em São Paulo e de que forma o dinheiro do contribuinte está sendo usado”.
 
 
Atualizado em Abril/2016 – Portal dos Jornalistas
 
Fontes:
Informações conferidas pelo jornalista

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *