Sylvia Colombo

Entre 1990 e 94 Sylvia Colombo formou-se em duas faculdade:  em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP e História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciência Humanas – FFLCH-USP, USP/SP, possui especialização em América Latina.

Começou a trabalhar na Folha de S.Paulo outubro de 1993, foi repórter e depois assumiu como editora da Ilustrada. Foi correspondente em Londres e Buenos Aires.

Em 2008 Sylvia participou de um debate sobre “Os desafios das coberturas culturais nos dias atuais”. Na época o caderno Ilustrada completava 50 anos.  

Além de repórter especial da Folha, estreou em janeiro de 2014 no site do jornal no blog Latinidades da Folha de S.Paulo, passando a acompanhar o crescente intercâmbio cultural entre o Brasil e a América Latina, buscando trazer novidades e explicar o contexto político do continente.

Sylvia Colombo relatou o seu encontro em 2012 com o poeta argentino Juan Gelman. Na ocasião o poeta, que lutou contra a ditadura, recebeu medalha de Belas Artes, na Cidade do México, em evento literário. Na matéria que foi publicada pela Folha em 16 de janeiro de 2014, ela lembrou a frase do poeta argentino durante a entrevista “no exílio preferia falar só em poesias”. Gelman vivia no México havia mais de 20 anos, morreu em 14 de janeiro 2014, aos 83 anos.  

 

 

Atualizados em janeiro/2014 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://ar.linkedin.com/pub/sylvia-colombo/39/b29/7a5

http://tc.batepapo.uol.com.br/convidados/arquivo/midia/sylvia-colombo-reporter-da-folha-debate-os-desafios-do-jornalismo-cultural-nos-dias-atuais.jhtm

sylviacolombo.blogfolha.uol.com.br

http://www.cpflcultura.com.br/palestrante/sylvia-colombo/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *