Rodrigo Vilas Bôas

Rodrigo Vilas Bôas estudou Comunicação Social na Faculdade Integrada da Bahia, atualmente o Centro Universitário Estácio da Bahia – Estácio FIB. É também especialista em relações públicas e ouvidoria pela Universidade do Estado da Bahia – Uneb.

Começou sua carreira em 2001, na Tribuna da Bahia – um dos tradicionais veículos de comunicação do Estado -, onde foi repórter de Cidade e Economia. Paralelamente, atuou como repórter da Rádio Metrópole.

Em 2002, ingressou na assessoria de comunicação da Infraero. Dois anos mais tarde, coordenou interinamente o setor.

Em 2005, o jornalista mergulhou novamente no universo do jornalismo impresso. Desta vez, para assumir a função de repórter no centenário jornal A Tarde. Passou por diversas editorias, como Salvador (Cidade), Economia, Opinião e Caderno 2+ (Cultura). Também atuou interinamente como editor de Brasil e Mundo.

Nos cincos anos de A Tarde, Vilas Bôas permaneceu por quase três anos na editoria de Informática, atuando como repórter do extinto caderno Digital. Nesse período, cobriu por diversas vezes eventos fora do Estado e acumulou uma vasta experiência em jornalismo digital.

De 2010 a 2011, integrou a equipe de jornalistas da assessoria de imprensa da Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri). Ainda em 2011, passou a coordenar a Assessoria de Comunicação do Planserv, a Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado da Bahia.

Em 2013, paralelamente ao Planserv, iniciou um grande desafio: o de ser assessor de comunicação do Hospital do Subúrbio, em Salvador.

Em 2015, deixou o Planserv e o Hospital do Subúrbio e assumiu a função de assessor chefe da Secretaria da Administração do Estado, a Saeb.

Vilas Bôas também é assessor de comunicação voluntário da Ser Down, Associação Baiana de Síndrome de Down.

 

 

Atualizado em julho/2015 – Portal dos Jornalistas

Informações e texto enviados pelo jornalista

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *