Renan Agnolin

(Erechim/RS, 29 de maio de 1989 – La Unión/Colômbia, 29 de novembro de 2016)
 
Renan Carlos Agnolin nasceu em Erechim (RS), no dia 29 de maio de 1989. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó/SC). 
 
Começou a carreira ainda estudante, como locutor estagiário na rádio comunitária Efapi FM, de Chapecó (SC), apresentando programas musicais e transmitindo os campeonatos amadores da cidade. Foi, depois, para a rádio Super Condá AM (SC), onde trabalhou como repórter esportivo até 2013.
 
Em agosto de 2010 começou a trabalhar na RICTV Chapecó (SC), afiliada da Rede Record, dividindo o quadro esportivo do Jornal do Meio Dia com o comentarista Sergio Badalotti, de segunda a sexta-feira. Produzia e apresentava, ainda, aos domingos, o RIC Esportes na emissora.
 
Foi finalista do Prêmio Acaert 2013, promovido pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão, na categoria Profissional de TV Revelação.
 
Tornou-se repórter esportivo da rádio Oeste Capital FM (SC), onde cobria diariamente a Associação Chapecoense de Futebol.
 
Escreveu colunas para os jornais Folha de Chapecó (SC), O Arauto (SC) e Voz do Oeste (SC).
 
Estava no voo que levava os jogadores da Chapecoense a Medellín (Colômbia) – onde a equipe catarinense disputaria o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana contra o Club Atlético Nacional –, que caiu na madrugada de 29 de novembro de 2016 próximo ao aeroporto internacional da cidade, matando 71 pessoas, entre elas o repórter.
 
Desenvolvia um projeto com a empresa RM Marketing Esportivo. Torcia para a Chapecoense e o Ypiranga Futebol Clube, de Erechim.
 
 
Atualizado em novembro de 2016
 
Fontes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *