Orlando Barrozo

Nascido na cidade de Santo André (SP), em 30 de outubro, Orlando Barrozo se formou no curso de jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes – Universidade de São Paulo (ECA-USP)/SP em 1977.

Antes mesmo de se matricular na faculdade foi contratado como repórter, em 1972, pelo jornal A Gazeta Esportiva, onde permaneceu até 1974, quando se transferiu para o diário carioca O Globo.

Em 1978 ingressou na redação do jornal O Estado de S.Paulo, no qual ocupou o cargo de redator até 1979. No mesmo período teve passagens pela Folha de S.Paulo, como repórter, e foi redator na TV Cultura.

Contratado pelo Jornal da Tarde em 1981, seguiu na função de redator até 1987. Paralelamente, entre 1983 e 1984, foi repórter da TV Manchete (Rede TV! desde 1999).

Em 1982 foi editor das revistas Vídeo News e Áudio News, duas das principais publicações direcionadas ao setor de tecnologia na época, hoje descontinuadas. As publicações abordavam, também, temas relacionados ao cinema.

A familiaridade com o segmento colaborou para que criasse, em 1993, a revista Ver Vídeo, elaborada e distribuída especialmente para as vídeo-locadoras.

Fundou, em 1996, a revista Home Theater & Casa Digital, pertencente à Event Editora, na qual exerce a função de diretor.  A empresa também é responsável pelas publicações do blog Planet Thech, da newsletter HT-Express e do livro Os Visionários – Homens que Mudaram o Mundo através da Tecnologia, lançado em 2011 e produzido por Barrozo.


É editor do blog Tecnologia para tudo (e pata todos), alocado no endereço http://orlandobarrozo.blog.br.




Atualizado em maio de 2012 – Portal dos Jornalistas

Fontes: Informações cedidas pelo próprio jornalista

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *