Nair Suzuki

Nair Keiko Noguchi, que assina profissionalmente como Nair Suzuki, nasceu em 3 de setembro de 1949, em Londrina (PR). Em 1971, formou-se em Jornalismo na segunda turma da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP/SP).
 
Iniciou a carreira em 1969, como estagiária da sucursal do Jornal do Brasil (RJ) na capital paulista. Em dezembro do mesmo ano, foi contratada como repórter pela Agência Folha (SP), onde foi setorista de Trânsito.
 
Em agosto de 1971, passou a repórter da revista A Construção São Paulo (SP), da Editora Pini. Dois meses depois, voltou à sucursal São Paulo do JB, dessa vez como repórter. Em abril de 1972, teve uma segunda passagem pela Agência Folha, ainda como repórter. Em junho do mesmo ano, foi chamada para sua terceira passagem pela sucursal paulista do JB, então como pauteira, sendo promovida, em janeiro de 1974, a subchefe de Criação.
 
Em fevereiro de 1975, ingressou na Folha de S.Paulo (SP), para fazer a pauta de Economia. Ficou até 1983, quando se transferiu para a revista IstoÉ, como editora-assistente de Negócios. Em 1984, saiu para integrar, como subeditora de Pedro Cafardo, na Economia, a equipe da revista Afinal, publicação que estava sendo lançada por Gustavo Cubas, tendo como diretor de Redação Fernando Mitre.
 
Em 1986, foi para o jornal O Estado de S.Paulo, onde trabalhou como subeditora de Economia até 1994. Saiu para editar a revista Notícias Fiesp, como adjunta de Alexandre Gambirásio. Em 1996, foi para a Gazeta Mercantil coordenar o caderno de Empresas e, um tempo depois, passou a ser adjunta do editor-chefe. Em 2004, voltou para o Estadão como editora de Negócios.
 
Em abril de 2008, integrou um grupo de 45 jornalistas de origem japonesa homenageados pela Câmara de Vereadores de São Paulo, quando da comemoração do centenário da imigração japonesa no Brasil.
 
No blog Contando nossa história, integra um grupo de dez jornalistas que relatam histórias pitorescas de quando trabalharam na Folha de S.Paulo, na década de 1970.
 
É mãe do Jun e da Naomi Suzuki, a qual se formou em Jornalismo e Moda.
 
Nair Keiko Suzuki, deixou o Estadão, no cargo de editora-assistente de Economia e Negócios e encerrou, em seis de maio de 2013, a sua segunda passagem de oito anos pelo jornal. De acordo com a entrevista que deu ao Jornalistas&Cia, garante não ter planos profissionais: “Estou encerrando mais um ciclo de oito anos. Vou ficar mais perto da família, curtir minha netinha que mora em Uruguaiana mas está vindo aí, descansar… Só mais à frente, se não me acostumar a esse novo ritmo, decidirei o que fazer” (quem a conhece aposta que esse “mais à frente” não vai demorar muito).
 
 
 
Atualizado em maio/2013 – Portal dos Jornalistas
Fontes:
Livro Jornalistas Brasileiros: Quem é quem no Jornalismo de Economia (Mega Brasil/Call Comunicações, 2005)
Jornal da Comunicação Corporativa (maio/2008)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *