Milton F. da Rocha Filho

Milton Ferreira da Rocha Filho, o Miltinho, nasceu em 17 de dezembro de 1945, em São Paulo (SP). Formou-se em Comunicação Social, Marketing e Propaganda na primeira turma da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap/SP), em 1970. Fez cursos complementares de Comércio Exterior, pela Associação de Exportadores do Brasil (AEB/RJ), e de Finanças, pela Associação de Empresas Distribuidoras de Valores (Adeval/SP). Tem um diploma de Gerenciamento de Redação, em curso promovido por O Globo (RJ)
Começou a trabalhar como jornalista em 1968, na rádio Jornal do Brasil e, cerca de 30 dias depois, na redação da sucursal paulistana do próprio jornal, onde desenvolveu toda a fase inicial de sua carreira. Ocupou, no Jornal do Brasil, os cargos de pauteiro, repórter, repórter especial, chefe de Reportagem, chefe de Redação e, a partir de 1975, coordenador de Economia.
Em 1989, assumiu a chefia de Redação da sucursal do jornal O Globo, em São Paulo, onde ficou até 1991. Foi para o Grupo Estado, inicialmente no Jornal da Tarde, como editor-executivo e colunista ? Contato, na página 2 ?, depois, coordenador de produção das áreas de Economia de O Estado de S.Paulo e do Jornal da Tarde. Em 1993, passou para a Agência Estado, onde começou como editor. Também foi editor de Economia da Rádio e TV Bandeirantes/Canal 21,entre 1993 e 1994.
Deixou o Grupo Estado em 2011, na função de editor coordenador da Agência Estado, fazendo a ligação com os jornais e emissoras de rádio da instituição. Passou pelo site MaxBlue, um setor de investimento do Deutsche Bank e atuou como freelancer para diversos veículos.
É editor do portal InfoEnergia, desde janeiro de 2010, e do Jornal do Blog, site que criou em 2012.
Ao lado do jornalista Paulo Figueiredo, venceu o Prêmio da Bolsa de Valores de São Paulo 1988, pela série de reportagens sobre o Caso Naji Nahas. Em 1989, participou da equipe de O Globo que ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo Científico, com a reportagem O Brasil na Era Nuclear, comandada por Fanny Zigband, José Meireles Passos e Paulo Motta. Recebeu em 1994 o Prêmio de Melhor Jornalista de Energia, promovido pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores de Energia (Abrace).
É autor do livro Doeños de la América ? Los perfiles de los hombres más ricos de América Latina (B/México, 2003), lançado em Buenos Aires e na Cidade do México.
Atualizado em outubro de 2012
Fontes:
Livro Jornalistas Brasileiros: Quem é quem no Jornalismo de Economia (Mega Brasil/Call Comunicações, 2005)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *