Luiz Felipe Pondé

Luiz Felipe de Cerqueira e Silva Pondé, pernambucano, nasceu em Recife, em 1959. Iniciou os estudos optando pela medicina. Graduou-se na UFBA-Universidade Federal da Bahia. Depois cursou filosofia na FFLCH, como é conhecida a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas USP-SP Universidade de São Paulo e fez doutorado pela mesma instituição em parceria com a Universidade de Paris-VIII. Recebeu o título de Pós-doutor da Universidade de Tel Aviv (Israel).

É vice-diretor e coordenador do Curso da Faculdade de Comunicação da FAAP; professor de Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e de Filosofia na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

Autor de diversas obras, Pondé assina também: O homem insuficiente: Comentários de Psicologia Pascaliana (2001) e Conhecimento na desgraça: Ensaio da Epistemologia Pascaliana (2004), Crítica e profecia: filosofia da religião em Dostoiévski (2003), Do pensamento no deserto: Ensaio de Filosofia, Telogia e Literatura (2009) e O Catolicismo Hoje (2011). É co-autor do livro Por que virei a direita: Três intelectuais explicam sua opção pelo conservadorismo (2012).

O Guia Politicamente Incorreto da Filosofia lançado por Pondé em 15 de abril 2012, dividido por temas, se baseia em conceitos defendidos por grandes filósofos do mundo inteiro para abordar assuntos como capitalismo, religião, mulheres, instintos humanos, preconceito, felicidade e covardia. O autor adiantou na época do lançamento que o Guia não é um livro sobre a história da filosofia, mas sim um ensaio sobre a filosofia do cotidiano. Seu livro Guia sobre Filosofia foi no ano de lançamento um dos mais vendidos do Brasil, segundo a lista da revista Veja.

Depois deste vieram outros guias lançados também pelo selo LeYa: Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e Guia Politicamente Incorreto da América Latina, de Leandro Narloch e Duda Teixeira.

Na abordagem feita no livro Contra um Mundo Melhor de 2010, da mesma editora, Pondé já demonstrou a aversão ao politicamente correto. Segundo o autor, “qualquer tentativa de estabelecimento de paraíso no mundo, eu acho que é, na realidade, uma atitude absolutamente desumana.”

Luiz Felipe de Cerqueira e Silva Pondé assina Luiz Felipe Pondé semanalmente às segundas na versão impressa de Ilustrada no jornal Folha de S.Paulo e desde 4 de outubro de 2013 comanda pela TV Cultura o Peripatético, um programa que reúne grupos para “discussões filosóficas em clima de descontração”. Entre os temas abordados estão a fé, melancolia, sexo e depressão, entre outros.

Há um blog com o nome de Pondé e o título Do Pensamento no Deserto. Logo na página principal já traz um aviso: “Esse blog não pertence ao Pondé que não tem qualquer participação em sua criação e manutenção. Agradecemos a colaboração”.

 

 

Atualizado em novembro/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

ponde.folha@uol.com.br

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2013/11/1369555-kubrick-de-olhos-bem-abertos.shtml

https://www.facebook.com/pages/Luiz-Felipe-Pond%C3%A9/204923579555579

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2013/11/1369555-kubrick-de-olhos-bem-abertos.shtml

http://luizfelipeponde.wordpress.com/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *