Lúcio de Castro

Lúcio de Castro nasceu no Rio de Janeiro (RJ). Antes de se formar em Jornalismo cursou a faculdade de História.
 
Começou a carreira no ano 2000 no Jornal do Commercio (RJ). Em seguida, foi para o Jornal do Brasil (RJ). Trabalhou na mesma redação que o pai, Marcos de Castro, que, segundo ele, dava muitas broncas, mas lhe ensinou tudo que ele sabe até hoje.
 
Ainda teve passagens como repórter pelo jornal O Globo (RJ), a TV Globo (RJ) e o canal por assinatura SporTV (RJ).
 
Em 2003, conquistou o Prêmio Embratel em parceria com Fellipe Awi, com a série Nos porões do futebol, publicada em O Globo em maio e junho daquele ano.
 
Em 2006, novamente conquistou o Prêmio Embratel, na categoria Reportagem Esportiva, com a série Os passos da paixão, que fez para o SporTV. Para tanto, viajou pelo Brasil para exibir as diferentes formas de se torcer durante a Copa do Mundo.
 
Vencedor do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos em 2009 para o SporTV na categoria Imprensa, com a reportagem Escravos do século XXI, que relata a realidade de milhares de bolivianos trabalhando em regime escravo em oficinas de costura em São Paulo e em Buenos Aires.
 
Recebeu também o Prêmio Direitos Humanos MJDH/OAB em 2008 e 2010, o Ibero-Americano (UNICEF-EFE) e o Prêmio da Fundación Nuevo Periodismo (dirigida por Gabriel Garcia Márquez).
 
Atualmente é repórter da ESPN Brasil e tem seu blog hospedado no site do canal.
 
 
Última atualização: 9/2011
 
Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *