Luciano Máximo

Nascido em agosto de 1981, Luciano Máximo é jornalista profissional com 12 anos de experiência em jornais, revistas, internet, rádio e comunicação corporativa. Graduado em jornalismo em 2002, ao longo da carreira fez vários cursos de especialização em economia e políticas públicas, com ênfase nas agendas social e educacional.

Em 2011 participou como ouvinte de duas disciplinas da graduação Gestão de Políticas Públicas na Universidade de São Paulo (USP-Leste) e em 2010 realizou o curso de especialização em Finanças públicas e orçamento para jornalistas, oferecido pela ONG Contas Abertas, sobre os gastos do governo brasileiro e sistema de orçamento no âmbito federal. Na Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (Fipe-USP), em 2008, fez um curso intensivo de Economia, com especialização em macroeconomia.

Tem bacharelado em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove), em São Paulo, obtido em 2002. No mesmo ano concluiu o curso de especialização Jornalismo e Educação, oferecido pelo Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e pela ONG Ação Educativa, com programa focado em vários temas de políticas públicas educacionais brasileiras: leis e regulamentos, orçamento público, projetos de governo, cobertura jornalística da educação no Brasil.

Em outubro de 2014 se licencia da função de repórter de Políticas Públicas do Valor Econômico até janeiro de 2016 para a realização do mestrado em Políticas Públicas na Queen Mary University of London (QMUL), na Inglaterra. No jornal econômico, Luciano é responsável pela cobertura noticiosa de educação e saúde públicas e várias questões sociais e políticas governamentais.

Quando começou no Valor Econômico, em setembro de 2009, Luciano ajudou a criar uma nova área de cobertura do jornal focada em Políticas Públicas. Nesses cinco anos de Valor, em 2013 Luciano foi escolhido pelo projeto Mídia e Controle Social, do Unicef e da Andi, para a produção de uma série de reportagens especiais sobre educação no Nordeste no contexto da seca. Foi vencedor do Prêmio Andifes de Jornalismo em 2011 com a reportagem “Não há bolsa que chegue”, sobre o panorama da pós-graduação e da pesquisa científica no Brasil. Recebeu menção honrosa no Prêmio SINDHRio por coordenar uma série de reportagens especiais sobre as políticas públicas de saúde no contexto eleitoral de 2012. Por fim foi finalista nas edições de 2011 e 2012 do Prêmio Estácio de Jornalismo e Educação.

Antes, de setembro de 2008 a junho de 2009, Luciano foi repórter setorista de seguros e resseguros da Gazeta Mercantil, onde foi finalista por duas vezes do Prêmio Allianz de Jornalismo. Nesse período também foi colaborador da revista especializada Apólice e produziu reportagem para a revista britânica The Review, que trata sobre o mercado ressegurador mundial.

Foi repórter freelancer da BBC Brasil e do jornal O Estado de S. Paulo durante o 7º Fórum Social Mundial (FSM), na capital queniana Nairóbi, em janeiro de 2007.

De agosto do mesmo ano até setembro de 2008 foi repórter em São Paulo do DCI, responsável pela cobertura jornalística das políticas econômicas e fiscais brasileiras.

Antes disso suas atividades foram dirigidas, entre dezembro de 2005 e julho de 2007, à reportagem de rádio da Central Única dos Trabalhadores (CUT), na cobertura de economia, trabalho e movimentos sociais.

Como repórter e assistente de edição atuou na JungleDrums, uma revista escrita inglês-português publicada no Reino Unido (Londres), onde foi responsável por reportagens especiais e edição, de dezembro de 2003 a novembro de 2004.

Durante a graduação em Jornalismo, de março de 2000 a março de 2003, Luciano Máximo foi estagiário no departamento de comunicação do Banespa, que mais tarde, em outubro de 2000, foi comprado pelo banco espanhol Santander. O profissional participou ativamente das políticas de comunicação interna e externa, dirigida à imprensa, do processo de privatização do então banco estatal paulista.
Também na área corporativa, foi responsável pela pesquisa e produção de conteúdo do Fórum Internacional de Seguros para Jornalistas, evento sobre mudanças climáticas promovido pela seguradora Allianz em julho de 2009 e prestou serviços de assessoria de imprensa para a corretora de seguros Meritt.

Nessa sua segunda fase em Londres, Luciano Máximo se dedica à vida acadêmica, mas está disponível para trabalhos freelancer tanto na capital britânica quanto em outros países da Europa. Seu novo telefone é +44 7947-633-775 e email: lucianolibera@gmail.com

 

Perfil atualizado em outubro/2014 – Portal dos Jornalistas
Fontes:
Informações conferidas pelo jornalista
https://www.facebook.com/luciano.maximo
https://twitter.com/lucianomaximo
http://abepuk.files.wordpress.com/2012/07/artigo_luciano-maximo_bolsasdeestudo.pdf
http://www.revistacobertura.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=64256

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *