Lédio Carmona

Lédio Carmona nasceu em Niterói (RJ), em 6 de maio de 1965, e formou-se jornalista pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/RJ).

Começou a carreira em 1986 no Jornal do Brasil durante a Copa do Mundo daquele ano. Depois, ingressou na Revista Placar como repórter e chegou ao posto de editor.
 
Também trabalhou no diário Lance! antes de se transferir para o Jornal O Globo.
 
Ainda pelas Organizações Globo, foi chefe de reportagem do Globo Esporte. Saiu da emissora e tentou a carreira de assessor de imprensa. Em 2001 foi convidado a participar do programa Redação SporTV como comentarista e não saiu mais do canal.
 
Também em 2001, criou o blog Jogo Aberto que durante muitos anos foi um dos mais acessados da categoria. No ar até o começo de 2009, foi substituído pelo blog do Lédio, hospedado no portal Globoesporte.com.
 
Como escritor, em 2006, foi co-autor do livro Almanaque do Futebol (Editora Casa da Palavra, 2006) com Gustavo Poli. A obra, como o próprio título já diz, reúne informações de campeonatos, importantes personagens do futebol, curiosidades sobre partidas, regras, expressões e gírias futebolísticas, gritos de torcida.
 
Em 2010 escreveu outro livro, o Livro-Jogo das Copas (Editora Globo, 2010), com Marcelo Martinez. Nesse, os autores apresentam jogos gráficos, figurinhas, imagens históricas e testes de memória sobre a história do futebol.
 
Colunista do Jornal Extra, no Rio, Carmona colabora com a Revista Placar e é comentarista no SporTV.
 
Em 2000, lançou, em parceria com os jornalistas Tiago Petrik e Jorge Luiz Rodrigues, o livro Brasileiros Olímpicos, que traz 189 histórias de atletas, dirigentes, jornalistas e até ilustres desconhecidos. São relatos emocionantes, divertidos e heroicos da participação brasileira nas Olimpíadas de 1920 a 1996.
 
Atualizado em maio/2013 – Portal dos Jornalistas
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *