James Martins

James Martins, baiano, nascido em Salvador, é famoso por suas perguntas ácidas a políticos de Salvador, pela ironia fina com que trata celebridades e a simplicidade com que aborda anônimos.

Sem nunca ter sequer prestado vestibular, seu primeiro emprego na área de comunicação surgiu em 2007 após convite do jornal Metrópole para hospedar sua coluna, que até então fazia sucesso apenas na internet.

As entrevistas com políticos baianos lhe rendeu um programa na rádio do grupo Metrópole, chamado Cacete Armado, que trazia comentários sobre tudo o que acontecia e a participação dos ouvintes.

No jornalismo da “Metrópole”, desde 2012, dá palpite sobre fatos artísticos e assina uma divertida coluna denominada Enchendo o Saco, também é responsável por movimentar as quintas a noite no Sebo Praia dos Livros, um sebo ancorado no Porto da Barra, em Salvador/Bahia, que James gosta de informar que é considerado um dos pedaços de areia e mar mais bonitos do mundo pelo The Guardian. Lá, promove quinzenalmente o sarau de poesia Pós-Lida, projeto cultural com um trocadilho entre leitura e labuta.

James participou em julho de 2012 do projeto cultural da Livraria Saraiva Projeto Fala Escritor, que tem a finalidade de conceder espaço para escritores e poetas mostrarem seus trabalhos, falarem um pouco das suas concepções literárias e lerem trechos de suas obras.

 

 

 

Atualizado em julho/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://www.ibahia.com/a/blogs/literatura/2013/02/21/james-mais-amado-do-que-joyce/

http://portalimprensa.uol.com.br/revista_imprensa/conteudo-extra/59060/coleguinhas+james+martins+e+fernanda+canto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *