Igor Guimarães

IgorGuimarães Silva nasceu em Contagem, Região Metropolitana deBelo Horizonte, em 19 de setembro de 1975. Estudou Comunicação Social com ênfase emJornalismo no Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH) e cursoupós-graduação e MBA em Jornalismo e Meio Ambiente na Fundação Getúlio Vargas(FGV/MG).

O primeiro emprego no jornalismo foi comoestagiário na Assessoria de Imprensa da Federação das Indústrias do Estado deMinas Gerais (FIEMG). Posteriormente, trabalhou como repórter e redator naeditoria de Cidades do Jornal O Tempo. Durante esse período, foi responsávelpela cobertura de assuntos referentes à Região Metropolitana de BeloHorizonte, como infraestrutura urbana, educação, saúde, comportamento,segurança pública, problemas ambientais, trânsito, estradas, dentre outros.

Entre 2004 e 2005, atuou no jornal Hojeem Dia, onde ocupou os cargos de repórter e Editor- adjunto do caderno Minas(cidades).

Em 2006, retornou para o Jornal O Tempo, assumiu a função de Editor- Adjunto do caderno Cidades. Ficou por lá seis anos, quando retornou ao Hoje em Dia como Editor-Adjunto do caderno Minas.

Igor já participou de vários congressos na área dacomunicação, especialmente os que abordavamassuntos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade.

Dentre os trabalhos que marcaram a carreira,destacam-se: a cobertura do rompimento da barragem de rejeitos da mineradora RioVerde em Macacos/ MG (2001), que atingiu cerca de 40 hectares e assoreou 6,4quilômetros do leito do Córrego Taquaras; a cobertura do assassinato brutal do promotorFrancisco Lins do Rego, quando ia para o trabalho, em 2002. Foi um assassinato quechocou o país e mudou a história da Justiça em Minas Gerais; e a cobertura dodeslizamento de terra ocorrido após intensas chuvas no Morro das Pedras (regiãoOeste de Belo Horizonte), em 2003. Acidente que vitimou, ao mesmo tempo, novecrianças de uma mesma família e ganhou destaque nacional e internacional.

 

 

Atualizado em julho de 2012- Portal dos Jornalistas/MG

Fonte: Informações fornecidas pelopróprio jornalista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *