Henri Karam

Henri Karam nasceu em São Paulo (SP), em 1980.
Começou a carreira como estagiário do Jornal da Band, na TV Bandeirantes, na cobertura da Copa do Mundo de Futebol da França 1998. Foi produtor, editor de Esportes e editor-executivo do Jornal da Noite. Teve passagens também pela TV Record, para onde se transferiu em 2005 e foi editor especial do Domingo Espetacular e editor-chefe do SP Record. Passou ainda pela TV Globo, como editor do SPTV. Na emissora, fez a transição de editor para repórter. Atuou, durante uma temporada, na afiliada da rede em São José dos Campos. Voltou para a Band, atuando na reportagem nacional e internacional.
Ao lado do repórter Roberto Cabrini, em 2005, viajou durante 45 dias pelo Iraque, produzindo um documentário sobre a invasão americana no país. Morou sete meses na China, para cobrir os preparativos finais e as competições dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Em 2009, viajou para Paris para cobrir os desdobramentos do acidente com o voo da Air France da rota Rio de Janeiro/Paris, no final de maio daquele ano.
Entre outubro de 2009 e 2010, baseou-se na África do Sul, de onde gerou reportagens sobre a preparação do país para a Copa do Mundo de Futebol 2010, além de matérias sobre os bastidores do evento esportivo e o cotidiano da nação. Com Claudinei Matosão, realizou em 2011 a série de reportagens Nova York ? Resposta ao Terror para o Jornal da Band, sobre a volta por cima da cidade americana dez anos após o ataque às Torres Gêmeas.
Possui um canal no YouTube, onde exibe as principais matérias produzidas na carreira, inclusive as da visita de Dilma Rousseff à Bulgária, país natal do pai da presidenta, em 2011, e as reportagens na África do Sul.
Também é editor-chefe e administrador do site Showmetech, especializado em matérias sobre tecnologia e gadgets em geral, desde 2011 alocado no portal Band.com.br.
Atualizado em outubro/2012 ? Portal dos Jornalistas
Fontes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *