Flora Charner

Flora Charner é venezuelana. Mora no Rio de Janeiro, RJ. Bacharel em Broadcast Journalism [rede em rádio ou televisão], Bachelor of Science (B.S.), pelo Emerson College, Boston/Massachusetts, concluído em 2004. Concluiu o Master of Arts (M.A.), Politics [mestrado em política] Jornalismo pela School of Journalism de Columbia, Estados Unidos.

Em maio de 2015 recebeu do Emerson College o prêmio Alumni Award and Young Achievement Award. A faculdade homenageia todos os anos ex-alunos com o Prêmio Alumni Distinguished Achievement e Jovem Award-celebrando aqueles que se destacaram em suas áreas e também compartilham um compromisso com os estudantes, programas e iniciativas. Em 2015 foi a vez de Flora que recebeu a distinção como uma jornalista multimídia com foco em questões sócio-políticas na América Latina.

Charner começou sua carreira logo após a graduação da Emerson, em 2004,  na agência internacional de notícias Associated Press Television, em Washington DC, Estados Unidos. Trabalhou para a AP por nove anos. Na agência ocupou vários postos de trabalho, incluindo o de produtora sênior no Brasil.

Em 2013, ela completou seu mestrado na Escola de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade de Columbia.

Divide o seu trabalho de correspondente entre Nova York e Rio de Janeiro, Brasil e principalmente abrange questões socioeconômicas que afetam a América Latina.

Radicada no Rio de Janeiro trabalha como colaboradora regular para grandes organizações noticiosas, incluindo: Al Jazeera América, Al Jazeera America (em Inglês), The Guardian, Americas Quarterly, Associated Press – AP, entre outros, além de ONU Mulheres.

Na Associated Press foi editora assistente entre setembro de 2004 e novembro de 2005, atuando em Washington, DC. Nesse período deu apoio logístico aos editores e produtores no AP Broadcast News Center tanto para assuntos da América do Norte como da América Latina.

A partir de novembro de 2005 e até agosto de 2007 foi produtora da Associated Press, ainda em Washington DC, para assuntos da América Latina. Por quase dois anos escreveu, editou e gerenciou o conteúdo da América Latina produzido a partir de equipes de campo, que foi distribuído aos clientes AP. Trabalhou como produtora local e jornalista de vídeo sobre os principais acontecimentos, entre eles, as eleições presidenciais de 2007 na Venezuela, Peru e México.

Depois de agosto de 2007 passou a Produtora Sênior da Associated Press no Rio de Janeiro. Ficou na função por mais de cinco anos, até agosto de 2012.

A partir de outubro de 2012 passou a coordenadora freelance com entradas ao vivo no meio dos acontecimentos do Rio de Janeiro e das Américas. Nestes dois anos 11 meses cobriu várias manifestações de rua. Articula a comunicação entre repórteres e as emissoras internacionais durante reportagens ao vivo. Coordena as operações de satélites com fornecedores locais e fornece suporte técnico para os locais de transmissões ao vivo.

Atende as emissoras Al Jazeera Inglês, BBC e CCTV entre outros sobre os acontecimentos como super tempestade Sandy em Nova York (Outubro de 2012), a morte do presidente Hugo Chávez na Venezuela (Março de 2013) e da Assembleia Geral das Nações Unidas (Setembro de 2013).

Para a Al Jazeera Media Network desde julho de 2013 marca entrevistas, organiza a logística dos recursos locais para e notícias do dia, coordena as entradas ao vivo com correspondentes no campo e produtores em Doha e DC. Edita o material para transmissão. Entre as reportagens exclusivas para Al Jazeera Inglês e Al Jazeera América nos Estados Unidos e América Latina estão a visita do Papa Francisco ao Rio de Janeiro em 2013, durante a Jornada Mundial da Juventude e o escândalo de falência do bilionário Eike Batista.

Para o Americas Quarterly desde novembro de 2013, direto Rio de Janeiro é freelance colaboradora para a revista política dedicada à análise política e de debate de economia, finanças, desenvolvimento social e política no hemisfério ocidental.

Desde dezembro de 2013 é editora e fotógrafa freelance da Narratively, Inc, uma plataforma on-line dedicada a histórias originais inéditas contadas em profundidade. Entre as histórias está a A man, a van and the world cup’s craziest plan [Um homem, uma camionete e o plano da mais louca Copa do mundo] e o Spokesman of the Slums [O porta-voz das Favelas]. O site foi escolhido como um dos "50 Melhores Sites de 2013".

Foi produtora sênior para o Brasil e fundadora e autora do projeto crowdfunded Beacon ReaderEu Sou Favela e o ebook Amazon Shot in the FavelaComo Televisão e Cinema influencia a imagem da pobreza no Rio de Janeiro.

Iniciou o projeto em Jornalismo Eu Sou Favela em dezembro de 2014. É um projeto multimídia em jornalismo que foca na história de empresários, atletas, ativistas e artistas que vivem em favelas e revolucionam a atuação do mercado de baixa renda do Rio de Janeiro. O projeto foi lançado na plataforma Beacon leitor, em janeiro de 2015 e tem sido financiado através de crowdfunding [financiamento colaborativo].

Lançou o livro Favela pela Amazon Digital Services, Inc. em 18 de setembro de 2013. A obra discute o papel da televisão, do cinema e dos meios de comunicação mostrando o ponto de vista que brasileiros e estrangeiros têm sobre as comunidades pobres do Rio de Janeiro, conhecidos como favelas. A história, escrita e produzida por Flora Charner mostra também como é a cidade e o país experiência e as maciças transformações implementadas antes da Copa do Mundo de 2014 e no verão 2016.

É fluente em Inglês, Espanhol e Português. Flora se especializou em filmagens de vídeo, produção e edição. É experiente no trabalho com câmeras: Sony PXW-X70, Panasonic AJ-D400, a Sony Z1, Canon 60D DSLR, usa software de edição: Final Cut Pro, Adobe Premier, Sony Vega. Aprimorou sua atuação com aperfeiçoamentos em Centurion Primeiros Socorros / CPR formação ambiente hostil.

No final de julho de 2015 Flora participou da estreia da nova edição do programa Clube dos Correspondentes de TV Globo News e mostrou um pouco do seu bom português e como atua nas ruas do Rio.

 

Atualizado em agosto/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.linkedin.com/pub/flora-charner/74/644/283

http://narrative.ly/stories/man-van-and-world-cups-craziest-plan/

http://narrative.ly/patchwork-of-poverty/spokesman-of-the-slums/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *