Felipe Sáles

Felipe Sáles Gomes é jornalista formado pelo Centro Universitário Fluminense (UniFlu/RJ), em 2004. Faz pós-graduação em Editoração na Universidade Cândido Mendes (RJ).
Começou a carreira como repórter do jornal A Cidade (RJ), de Campos dos Goytacazes, em janeiro de 2002. Atuou nas editorias Cidade e Cultura, para esta criando a coluna Antíteses, de crônicas e contos. Saiu do jornal para ser assessor de imprensa da Representação Regional do Norte Fluminense do Sistema Firjan ? Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, ainda em Campos.
Formado, já morando no Rio de Janeiro, começou 2005 trabalhando como repórter freelancer para a Petrobras, que reformulava a área de Tecnologia de seu site. Em junho, foi ser repórter do caderno Diversão do jornal Extra, fazendo o levantamento dos estabelecimentos de entretenimento popular da Baixada Fluminense e Zona Oeste do Rio de Janeiro. Passou dois meses como repórter do caderno RioShow de O Globo e terminou o ano como subchefe da assessoria de imprensa da Secretaria de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro, onde ficou até junho de 2006.
Entrou, depois, na redação do Jornal do Brasil (RJ), onde trabalhou como repórter de Polícia e de Cultura até junho de 2009. Voltou para o Extra, como repórter de Política, onde ficou até setembro de 2011. Como freelancer, produziu matérias para as revistas Brasileiros (SP), Piauí (SP) e Carta Capital (SP) entre 2010 e 2011. Ficou, também, sete meses na revista Alfa (SP), entre março e setembro de 2011. Além disso, escreveu artigos, ensaios e reportagens para o Observatório da Imprensa, TextoVivo, Comunique-se e Caros Amigos (SP).
É sócio-fundador da editora Rotativa.art.br, selo criado em março de 2011, especializado na produção e publicação de biografias. E é editor online da Revista de História da Biblioteca Nacional (RJ), responsável pelo site e pelas redes sociais da publicação, além de produzir reportagens veiculadas nas versões online e impressa.
É coautor dos livros Escrevendo a Paz (Unesco, 2004) ? publicado em diversos países de línguas portuguesa, inglesa e francesa ? e Contos da Terra Plana (Prefeitura de Campos, 2005). Teve trabalhos selecionados para o segundo volume da Antologia de Contos de Autores Contemporâneos e para a Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos (Câmara Brasileira de Novos Escritores, 2004).
Foi premiado, com Juliana Rocha e Duilo Victor, com o AMB de Jornalismo 2007, da Associação dos Magistrados do Brasil, com a série de reportagens Fraude no exame da OAB, publicada no Jornal do Brasil.
Atualizado em dezembro de 2011.
Fontes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *