Camilo Vannuchi

Camilo Vannuchi nasceu em São Paulo (SP), em 1979. É jornalista formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em 2001.
 
Começou a carreira como repórter da revista IstoÉ, onde atuou por sete anos, de janeiro de 2000 a março de 2007 . Foi colaborador das revistas Poder e Brasileiros. Fez parte da equipe que preparou o lançamento da revista Época São Paulo (SP), da Editora Globo, em abril de 2008. A primeira edição chegou às bancas no último fim de semana de abril. Em 2010, tornou-se editor da publicação.
 
Permaneceu na função até dezembro de 2012, quando optou por tornar-se coordenador de Comunicação da produtora Busca Vida Filmes e dedicar-se a um mestrado e projetos pessoais na área da Literatura. O mestrado está sendo feito na Escola de Comunicações e Arte, ECA-USP, com Eugênio Bucci como orientador, o tema é Revistas de Cidade, com foco no mercado paulistano: Veja São Paulo, Época São Paulo e sãopaulo (da Folha).
 
É autor dos livros Memórias de Um Vendedor de Nióbio, editora Dos Autores, 2007, É Câncer, editora Oirã, 2008, em parceria com José Alberto de Camargo e ilustrações de Vicente Mendonça, e Vera e Gabriel: 60 Quilates, editora Dos Autores, 2009, em parceria com Nathalia Ziemkiewicz.
 
Codirigiu, com Francisco Paes, o documentário Ponteio: jogaram a viola no mundo, mas fui lá no fundo buscar, em 2001, com duraç&aamp;atilde;o de 54 minutos, que venceu o Prêmio Jovem Pesquisador do Concurso Pierre Verger/2002, da Associação Brasileira de Antropologia.
 
Mantém, desde julho de 2009, alocado no portal Blogger, o blog Tudo Cabe.
 
 
 
 
Atualizado em março/2013 – Portal dos Jornalistas
Fontes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *