Andréa Castello Branco

Andréa Castello Branco Rena nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 25 de junho de 1972. Estudou Comunicação Social com ênfase em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/ MG). 

O primeiro emprego no jornalismo foi como estagiária de atendimento e assessoria na Agência Lead Comunicação. Posteriormente, foi monitora do Jornal Marco, periódico da própria universidade em que estudava. Também nessa época, fez estágio como repórter no Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicações de Minas Gerais (Sinttel/ MG). 

Em 1996, já formada, atuou como repórter da editoria de cultura no Jornal O Tempo. Três anos depois, trabalhou como Assessora de Imprensa da Fundação Clóvis Salgado em Belo Horizonte (MG).Andréa trabalhava como assessora quando aconteceu o incêndio que atingiu o grande teatro do Palácio das Artes. Foi um assunto de grande repercussão na mídia, que exigiu um grande trabalho da Assessoria de Imprensa do local. 

No início de 2000, foi convidada ao cargo de Subeditora do caderno de cultura do Jornal Gazeta Mercantil, onde ficou por dois anos, quando, então, foi trabalhar na Agência Link Comunicação como Analista de Comunicação. 

Entre 2002 e 2008, trabalhou como Assessora de Comunicação do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores da Indústria Energética de Minas Gerais (Sindieletro) onde, dentre outras funções, era a jornalista responsável pelo jornal interno da instituição. Nesse período, conciliava o trabalho no sindicato com o de Assessora de Comunicação da Câmara Municipal de Belo Horizonte e da Agência de Noticias de Direitos da Infância (Andi). 

Em 2008, Andréa retornou para o jornal O Tempo como Editora do caderno de Comportamento. Nessa época, fez uma série de matérias sobre doação de órgãos que lhe renderam dois prêmios: um primeiro lugar no Prêmio ABTO de Jornalismo (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos, com a matéria ?A lenta e longa fila por um transplante?; e o terceiro lugar na categoria de reportagem impressa do prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Púlbico, com a matéria ?Doação de Órgãos?. 

Em 2011, foi convidada a assumir o cargo de subeditora da editoria de Gerais do Jornal Estado de Minas, onde permanece atualmente. 

No final de 2011, Andréa fez uma rápida passagem pelo Jornal Aqui, também do Grupo Diários Associados, como subeditora do caderno de Gerais. 

Já fez diversos freelas para a Revista Encontro e para publicações do grupo Fiat. Atualmente, também assessora o Banco Intermedium em Belo Horizonte. 

Atualizado em 01 de fevereiro de 2012 – Portal dos Jornalistas/MG 
Fonte: Informações fornecidas pela própria jornalista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *