Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo nasceu no Rio de Janeiro (RJ), em 15 de abril de 1972. Formou-se em Jornalismo pelo Instituto de Artes e Comunicações da Universidade Federal Fluminense (UFF), de Niterói (RJ).
 
Começou a carreira no rádio, em Juiz de Fora (MG), como assistente de produção, locutora de comerciais e apresentadora de um programa musical. Passou, também, a fazer reportagens de rua e fazer transmissões ao vivo. Conseguiu um estágio na rádio Globo e mudou-se para o Rio de Janeiro.
 
Trabalhou por breve período na TV Rio, como apresentadora, substituindo profissional em licença-maternidade. Depois, passou três anos trabalhando na produção de Jornalismo da TV Manchete antes de se tornar apresentadora do Rio em Manchete. Apresentou, ainda, o Jornal da Manchete. Teve  breve passagem pela TV Serra Mar, afiliada da Rede Globo em Petrópolis (RJ). Em 1996, mudou-se para a TV Globo, onde começou como repórter do Bom Dia Rio, atuando também, em seguida, no Jornal Hoje, RJTV – 1ª Edição, Globo Comunidade e Jornal Nacional.
 
Em 1999, passou a ancorar o Bom Dia Rio, fazendo dupla com Márcio Gomes. Em 2005, engravidou de sua filha, Melissa, e ausentou-se do vídeo. No retorno da licença-maternidade, passou a apresentar o Globo Comunidade, além de ser apresentadora suplente do Jornal Hoje e do Bom Dia Rio. Ainda em 2005, ganhou o Prêmio Qualidade Brasil, na categoria Melhor Apresentadora de Telejornal.
 
Em 2009, assumiu a bancada do RJTV – 1ª Edição, fazendo plantões do Jornal Hoje e do Jornal Nacional. Um fato marcante em sua carreira foi a cobertura das operações de retomada de território pela Polícia do Rio, em conjunto com as Forças Armadas, evento que ficou conhecido como a Guerra do Tráfico, em novembro de 2010. Foram mais de seis horas de cobertura ininterrupta que consagraram a sua capacidade de improviso. A cobertura rendeu à equipe da Globo o Prêmio Emmy Internacional 2011.
 
Em 2013, assumiu a bancada do Bom Dia Brasil, ao lado de Chico Pinheiro, sendo sucessora de Renata Vasconcellos que foi para o Fantástico. No RJTV 1º Edição foi substituída por Mariana Gross.
 

Ana Paula segue em 2015 como apresentadora substituta do Jornal Nacional e do Fantástico. Está entre os eleitos do Prêmio Os +Admirados Jornalistas Brasileiros edição 2015. Realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress, a votação é feita dois turnos, abrange um colégio eleitoral integrado por 48 mil profissionais, sendo cerca de 3 mil da área de comunicação corporativa e 45 mil jornalistas de redações.  Nesta segunda edição da premiação foram recebidas cerca de 8 mil indicações, abrangendo quase 3 mil nomes de jornalistas. Passaram para a final 347 jornalistas da etapa Nacional.

 

 

Atualizado em Janeiro/2016 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Jornalistas&Cia – Edição 1028

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *