Anna Beatriz Anjos

Anna Beatriz Pouza dos Anjos nasceu em Jundiaí, a cerca de 60 km da capital São Paulo. É formada em Jornalismo pela Universidade Cásper Líbero. Em 2015 faz pós-graduação em Ciências Políticas.

Decidiu que seria jornalista aos 14 anos de idade, quando percebeu que gostava de estar “no olho do furacão”, onde os fatos acontecem. Em 2010, aos 18 anos, iniciou o curso de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. No mesmo ano, conseguiu seu primeiro emprego em uma agência de assessoria de imprensa.

Em 2012, trocou os releases e follow ups por uma grande redação. Na Rede Record, foi estagiária. Trabalhou como coordenadora de rede e como rádio-escuta (apuradora). Deixou o estágio em setembro de 2013.

Assina o site Extremos SP com a jornalista Giulia Afiune. As duas trazem para a página o projeto de apresentar os limites e as fronteiras – territorial e social – da capital paulista. No site explicam: “Foi a inquietação frente a isso que nos motivou a criar o Extremos SP, nosso trabalho de conclusão do curso de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero. O projeto busca retratar fragmentos do cotidiano de quem mora em alguns dos distritos mais distantes do centro de São Paulo”. O site abre-se num mapa da cidade.

Anna Beatriz é categórica quando diz que os extremos de São Paulo fizeram dela “não apenas uma jornalista, mas uma pessoa melhor”.

Em julho de 2015 Anna com as jornalistas brasileiras Gabriela Sá Pessoa e Natacha Cortêz foi vencedora da terceira edição do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde (do espanhol, Premio Roche de Periodismo en Salud, promovido pela Fnpi, Fundación Nuevo Periodismo Iberoamericano Gabriel García Márquez), na categoria Jornalismo Escrito. O trabalho vitorioso Dor em dobro foi publicado pela Agência Pública de Reportagem e Jornalismo Investigativo. Eleito entre os 231 trabalhos que se inscreveram nesta categoria, a reportagem é uma investigação sobre o serviço de aborto legal realizado na rede sanitária pública do Brasil. Aborda temas como as barreiras e travas burocráticas, políticas e morais que impedem que muitas mulheres brasileiras possam exercer o direito de realizar o aborto dentro das condições que estabelecem a lei. Leia aqui a reportagem Dor em dobro.

Foi colaboradora na revista Caros Amigos e segue em 2015 como repórter da revista Fórum.

 

 

Atualizado em julho/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://extremossp.com/quem-somos/

https://www.linkedin.com/pub/anna-beatriz-pouza-dos-anjos/71/16/174

http://premiorochedejornalismo.com/2015/07/anna-beatriz-pouza-gabriela-sa-pessoa-e-natacha-cortez-do-brasil-vencem-o-premio-roche-de-jornalismo-em-saude-na-categoria-jornalismo/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *