Alexandre Medeiros

Alexandre Medeiros de Andrade nasceu em quatro de novembro de 1960 no Rio de Janeiro, RJ. É formado em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, em 1983.

Iniciou a carreira como estagiário na Geral do Jornal do Brasil, no Rio, onde foi contratado como repórter depois de formado, em 1983. Teve passagens pelo JB, por três vezes. Passou pelas redações da revista Afinal, jornal O Globo, O Dia e revista Época, além da Rede Bandeirantes de TV, onde foi comentarista dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de 1999 a 2003. De 2000 a 2012 atuou como consultor para empresas como Petrobras, Fundação Oswaldo Cruz, Inmetro e White Martins, entre outras. De 2005 a 2007 foi chefe da Divisão de Comunicação Social do Instituto Nacional de Câncer.

No jornal O Dia foi editor-executivo e passou a assinar a coluna dominical Cenas Cariocas, que mantém. No jornal começou em dezembro de 2012 como responsável pela edição final de Rio. Ele tinha voltado ao jornal em que já estivera nos anos 1990. Em 1991 ganhou ali seu primeiro Esso individual. Em 2013 conquistou o Prêmio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo, na categoria Meio Ambiente.

Em abril de 2014, quando jornalistas foram novamente agredidos em manifestação no Rio, Alexandre Medeiros, já editor-executivo de O Dia, registrou, sob a rubrica Ponto de vista, a opinião do jornal: “Não há justificativa para a agressão sofrida ontem pela repórter Maria Inez Magalhães, em pleno exercício de sua profissão. Ela estava identificada, tinha às mãos apenas bloco, caneta e um celular, e foi agredida…” “A agressão sofrida pela Maria Inez, por sinal uma profissional exemplar, é um safanão não apenas contra a imprensa, mas contra toda a sociedade”.

No final de novembro de 2014, Alexandre Medeiros e equipe do jornal O Dia receberam o Prêmio Imprensa Embratel/Claro na categoria Reportagem em Jornal (tema livre) com o trabalho – 50 anos do golpe militar.

No final de fevereiro de 2015 deixou O Dia e em março começou a trabalhar na Neoenergia como gerente de Sustentabilidade e Relacionamento com a Imprensa. A holding privada do setor de energia no Brasil atua em toda a cadeia: distribuição, geração, transmissão e comercialização. Além de uma equipe no Rio, Medeiros passou a comandar as equipes que atuam nas distribuidoras locais de energia em Salvador, Recife e Natal. “Estou bem animado. Vou lidar com grandes projetos de sustentabilidade da empresa e aprender mais sobre energia, diante do universo que é esse setor”, comentou ao Jornalistas&Cia.

Lado a lado com a carreira de jornalista, Alexandre é também escritor. Tem oito livros publicados, entre eles Nos Bastidores da Campanha: Crônica de um sonho (Objetiva, 1994), sobre a campanha presidencial de Lula em 1994; Revisitando a Amazônia (Casa de Oswaldo Cruz, 1995); Batuque na Cozinha (Casa da Palavra, Senac Rio, 2004), com as histórias das tias da Portela; e Se Liga Nessa: Convivência – Você e suas relações sociais (Senac Nacional, 2012). Os outros livros da bibliografia de Medeiros estão na Linha do Tempo deste Perfil.

Em O Dia Online, Alexandre segue assinando a coluna Cenas cariocas, com a crônica da cidade e seus personagens, também no facebook.

 

 

Atualizado em maio/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Informações conferidas pelo jornalista

Jornalistas&Cia – Edição 989

https://br.linkedin.com/pub/alexandre-medeiros/28/378/34a

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/dia-poucas-demissoes-muita-agitacao

http://www.neoenergia.com/Pages/Sala%20de%20Imprensa/AssesoriaDeImprensa.aspx

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *