Jornal de Brasília corta metade da Redação

O Jornal de Brasília demitiu cerca de 15 dos 30 jornalistas de sua Redação nessa segunda-feira (25/4). O Sindicato dos Jornalistas do DF chegou a procurar a direção do jornal na semana passada para saber se o boato de que ocorreriam demissões era verídico e qual era o motivo dos desligamentos. A entidade entrou em contato com o setor de Recursos Humanos mas não obteve resposta e não conseguiu falar com os responsáveis pela empresa, até o fechamento desta nota. Em crise financeira, o Jornal de Brasília já havia deixado de circular nos finais de semana. Com as demissões, a publicação agora está a cargo de Eduardo Brito (Política e Economia), Andreia Castro (Cultura, Mundo e Brasil) e alguns repórteres e redatores. O Hora H, também da empresa, fica sob os cuidados de Ricardo Munhoz. Entre os demitidos estão os editores Ricardo Nobre (Mundo e Brasil) e Michel Tornaga (Cultura), os subeditores Natália Soares (Política), Ana Rita (Cidades) e Ian Ferraz (Esportes), e os repórteres Marcos Pereira, Raquel Martins, Isac Marra, Carla Rodrigues e Juruna Lopes, além do fotógrafo Elio Ferraz.